quinta-feira, 6 de junho de 2013

Waldemir quer redução do valor da tarifa de ônibus da cidade


Por ocasião da Medida Provisória 617 do Governo Federal que zera as alíquotas do Programa de Integração Social (Pis) e para Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) pagas por empresa de transporte coletivo urbano de todo o país, o líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Waldemir José, solicitou, a realização de Audiência Pública para debater a desoneração desses imposto na planilha de custo do transporte coletivo da cidade.

Além dessa medida, Waldemir José protocolizou também, indicação à Prefeitura solicitando a redução da tarifa de ônibus em decorrência da isenção dos impostos 

Para ele, a concessão desse benefício gera um efeito positivo sobre inflação. A Medida Provisória atinge positivamente os preços das passagens do transporte coletivo que, por sua vez, causa impacto benéfico para população de baixa renda.

“A finalidade do Governo Federal é contribuir com as prefeituras para que façam um reajuste menor no preço da tarifa do transporte público”, disse o vereador petistas, justificando a necessidade de se fazer uma ampla discussão sobre esse assunto, visto que, em Manaus é praticado uma das maiores tarifa do país.

O líder petista comentou que a iniciativa da presidenta Dilma Rousseff (PT), permitirá a diminuição dos preços das tarifas de trem, metrô e ônibus em São Paulo e em outras cidades brasileiras, portanto, Manaus também tem condições de receber esse benefício. “Se houver interesse da Administração Municipal, a população pode ganhar, pagando menos pelo transporte público diário. Várias cidades já baixaram suas tarifas. Por que não podemos fazer o mesmo?”, concluiu o parlamentar.