quarta-feira, 29 de setembro de 2010

FALTA DE SEGURANÇA NA PONTE: segunda morte!


Uma vistoria dos Ministérios Público do Trabalho (MPT), do Estado (MPE), pela Secretaria Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) e Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea), detectou problemas na segurança dos trabalhadores durante a construção da ponte Manaus-Iranduba. O soldador Josias dos Santos Vieira, 34, morreu, ontem, vítima do acidente com a viga de sustentação.

Esse é o segundo acidente com vítima fatal no local. O primeiro ocorreu em novembro de 2008 e resultou na morte de um operário após uma descarga elétrica. Na época, o MPT fiscalizou a obra e constatou o descumprimento de mais de 20 normas de segurança no ambiente de trabalho.

O consórcio responsável pela construção da ponte foi condenado pela justiça a adotar diversas medidas para regularizar as condições de segurança das atividades dos trabalhadores.

Fonte: http://www.d24am.com/

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Vereador de Amaturá detido com R$ 88.000,00


A Polícia Federal apreendeu R$ 88 mil reais, na manhã desta terça-feira (28), com o Presidente da Câmara Municipal de Amaturá, Siriaco da Silva Gomes. Ele estava partindo de Manaus, em uma lancha, para Amaturá. O dinheiro estava sendo transportado em notas miúdas de R$ 10 e R$20 reais.






De acordo com o vereador, o dinheiro seria levado ao município para pagamento da folha de funcionários da prefeitura. O vereador é filiado ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), partido presidido no Amazonas pelo candidato ao Senado e ex-governador, Eduardo Braga.


Siriaco não foi preso, mas foi levado para a Sede da Polícia Federal do Amazonas, no Dom Pedro, para prestar esclarecimentos.


Mas de acordo com a polícia, a folhas de pagamento que estavam com o Presidente da Câmara Municipal de Amaturá só contabilizavam a quantia de R$25 mil. “Não justifica essa quantia em espécie na véspera de uma eleição”, declarou Sérgio Fontes, superintendente da Polícia Federal.

Fonte: http://www.acritica.com

domingo, 26 de setembro de 2010

NO AMAZONAS COMBATER A PEDOFILIA É CRIME!


O estudante de pós-graduação da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) Ives Montefusco, 26, detido ontem (24) pela Polícia Federal para prestar informações sobre a distribuição de panfletos contra a Pedofilia, publicou hoje no blog "Instantânea Idade Digital", detalhes do que ocorreu na tarde de sexta-feira no Instituto de Ciências Humanas e Letras, da Ufam.

Montefusco nega que tenha distribuído qualquer panfleto e revela, no texto do blog, que apenas guardou o material, atendendo ao pedido de uma professora. O estudante diz que "estava no lugar errado e no momento errado" e diz que outras três alunas também foram encaminhadas ao TRE-AM e tinham um vídeo que mostrava a distribuição do material. Segundo Montefusco, o vídeo prova que ele não participou da ação.
Os agentes federais levaram Ivens para o Tribunal por suspeitarem que ele estava praticando crime de injúria eleitoral contra o candidato à reeleição, governador Omar Aziz (PMN), da coligação “Avança Amazonas”.
Em depoimento prestado à juíza Anagali Bertazzo, o estudante negou que estivesse agindo em prol de algum candidato ou contra o governador Omar. Segundo o aluno, ao revelar à juíza que apenas guardou o material, ela perguntou "se te dessem cocaína você também guardaria?". Foi quando o estudante disse que "caiu a ficha".

No texto do blog, Montefusco diz ainda que está incomodado com o fato de muitos terem pensado que ele foi preso. "Fiquei extremamente chateado e injuriado pela atitude 'maldosa' de algumas pessoas no Twitter que espalharam a notícia sem saber do que se tratava", diz o aluno. Ele também diz que foi "ui rechaçado publicamente pela mídia local", sem direito de defesa.
Quanto ao movimento contra a pedofilia, o estudante disse não ter nada contra a campanha, mas duvida que a ação não seja eleitoreira. "Se o movimento não tinha conotação política, por que não apareceu ninguém do tal movimento para explicar o que estava acontecendo?", pergunta.

Fonte: http://www.acritica.com

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

AVIÃO DA TRIP FAZ POUSO FORÇADO EM MANAUS


Um avião da empresa aérea Trip, de prefixo PP-PTK, com 42 pessoas a bordo acabou de fazer um pouso forçado no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus. O Corpo de Bombeiros já confirmou a informação de que a aeronave enfrentou problemas no trem de pouso e, por isso, sobrevoou a cidade para gastar gasolina e, assim, facilitar a aterrisagem.

Os 37 passageiros e cinco tripulantes já desembarcam no Eduardinho, ao lado do aeroporto internacional. Não houve feridos com a manobra.

O avião estava com destino a Itaituba, no interior do Pará, e voou durante duas horas e meia em pane. Um dos passageiros, o presidente do Sindicato dos Madereiros do Pará, Osvaldo Romanelli, disse que uma pessoa passou mal durante o voo, mas o clima, embora tenso, foi sem pânico.

"Embora a tripulação não falasse qual era o problema, nos passavam tranquilidade, só ficamos atemorizados quando perto do pouso vimos na pista muitos carros de resgate e ambulância", contou.

A Trip já informou que os passageiros seguem voo para Itaituba ao meio-dia. No momento, passageiros lancham no aeroporto.

FICHA LIMPA: supremo decide não decidir

 

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram suspender a proclamação do resultado do julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 630147, após o empate em 5 votos a 5. O RE foi ajuizado na corte pela defesa de Joaquim Roriz para questionar decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que indeferiu o registro de candidatura de Roriz com base na Lei Complementar (LC) 135/2010 – a chamada Lei da Ficha Limpa.

 

Pouco antes da suspensão, o presidente da Corte, César Peluso, chegou a sugerir que o voto decisivo ficasse sob a responsabilidade do 11º membro do Supremo, que, segundo o presidente, provavelmente assumirá o cargo antes da diplomação dos resultados das eleições, o que não traria prejuízo a Joaquim Roriz - ou qualquer outro candidato impugnado - pela espera.

A sugestão de Peluso não chegou a ser analisada mas, na prática, a suspensão da decisão realizada nesta madrugada de sexta-feira em Brasília, adia o julgamento do recurso para a data em que a Corte estiver novamente completa, com 11 membros aptos para julgar.

Votaram pelo desprovimento do RE, e consequentemente pelo indeferimento do registro de Joaquim Roriz, os ministros Ayres Britto (relator), Cármen Lúcia, Joaquim Barbosa, Ricardo Lewandowski e Ellen Gracie.

Divergiram e votaram pelo provimento do recurso os ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Marco Aurélio, Celso de Mello e Cezar Peluso.

domingo, 19 de setembro de 2010

MOTOCICLISTA SOFRE ACIDENTE NA COSME FERREIRA

Às 09:00 horas de hoje, 19/09, o vendedor autônomo Nalberto Cintra de Lima, de 40 anos, sofreu um grave acidente quando trafegava na Avenida Cosme  Ferreira, Zona Leste.

O acidente ocorreu quando sua moto de placa JXS-3572 foi trancada por um carro de placa desconhecida. O vendedor estava em companhia da sua esposa que sofreu escoriações também.

Outro acidente aconteceu na mesma avenida, no semáfaro de frente da unidade do SESI. Nesse último acidente não houve feridos, apenas danos materiais. 

ALFREDO EM MANACAPURU: população ouviu suas propostas

O candidato ao Governo, Alfredo Nascimento (PR), afirmou  no sábado, durante a visita  que fez a Manacapuru, que a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) vai financiar a geração de empregos no interior.Caso  eleito governador, Alfredo disse que os recursos do banco de fomento serão usados, obrigatoriamente, para incentivar a atividade econômica nos municípios.
 

- Entendo que a Afeam deve ajudar quem precisa e não os amigos do poder.  O dinheiro do banco de fomento é do povo e tem que ser utilizado pelo povo e para o povo", declarou. Sobre o setor primário, Alfredo disse que o Governo do Estado tem a obrigação de fazer investimentos, como também "é fazer rua, construir hospitais e escolas". "É obrigação do governo fomentar a atividade econômica, recuperar a relação do homem com a natureza".

Durante o comício, realizado na rua Coronel Madeira, Alfredo falou de suas propostas de governo nas áreas de educação, saúde e segurança pública. Mas o setor cultural também receberá atenção especial no seu mandato. "É preciso investir pesado na cultura aqui em Manacapuru, como em todas as cidades do interior", enfatizou Alfredo, referindo-se ao tradicional Festival de Cirandas realizado no município.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

MORADORES FECHAM A AVENIDA GRANDE CIRCULAR


Devido falta de água, moradores do Bairro de Tancredo Neves colocaram fogo em madeiras e fecharam a principal via de transporte da Zona Leste no início desta noite.
Equipe da Band

Os moradores culparam a prefeitura e o governo do estado pela a falta do precioso líquido nas torneiras. Com a palavras as autortidades responsáveis.

Lula grava para Alfredo Nascimento


Lula grava programa eleitoral declarando seu apoio "Meu candidato no Amazonas é Alfredo Nascimento" - Alfredo e Di... - #dilmanarede

ALFREDO E MARILENE PARTICIPAM DE ENCONTRO


Alfredo Nascimento, candidato ao governo e Marilene Corrêa, candidato ao senado, participaram no início desta noite de mais um Encontro das "Amigas do Alfredo". 
Marilene Corrêa esteve presente

O evento foi realizado no Balneário da Campanhia, na Zona Leste de Manaus. Foi organizado pela Sra. Léo Nascimento, esposa do candidato.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

ALFREDO NASCIMENTO FAZ PANFLETAGEM NA LG


Depois da carreata gigante em Parintins no último sábado, Alfredo Nascimento e Marilene Corrêa fizeram panfletagem na porta da LG, no Pólo Industrial de Manaus, hoje cedo e às 09:00 horas participaram de uma caminhada no Bairro do Mauazinho.

Às 17:00 fazem caminhada dupla na Zona Norte. Nos bairros de Terra Nova e Nova Floresta Alfredo Nascimento lidera e Serafim Corrêa no Manoa.

ALFREDO NASCIMENTO: carreata gigante em Parintins


Mil motocicletas e mais de 200 veículos acompanharam o candidato ao Governo do Estado pela coligação “O Amazonas melhor para todos”, Alfredo Nascimento,   em uma carreata  em  Parintins (a 420 quilômetros de Manaus).  Ao final, Alfredo fez caminhada pelos bairros São Benedito, Centro, Palmares, Itaúna I e Itaúna II.


Alfredo  destacou que fomentará a atividade econômica no município. “As costureiras que se preparem, pois vou adotar algumas medidas, quando eleito, para alavancar a economia do município, como a confecção de fardamento escolar aqui (em Parintins)”, disse. O candidato prometeu fomentar  a geração de emprego e renda no município, com  a fabricação de carteiras escolares  que só será possível a partir do cumprimento de regras, obedecendo a uma política ambiental de sustentabilidade. “A cada árvore derrubada, o governo dará os meios para que duas sejam plantadas”, assegurou.

Ao final da visita, o candidato fez questão de ouvir as reclamações e sugestões dos moradores da ilha tupinambarana no aeroporto, recebendo cartas, abraços e o carinho dos apoiadores de sua campanha.

Fonte: http://www.blogdoholanda.com

CAMINHADA NA CIDADE DE DEUS


Sábado, dia 11/09, Alfredo Nascimento (22) e Marilene Corrêa (130) participaram de um grande comício em Parintins. No domingo pela manhã Serafim Corrêa, candidato a vice-governador da coligacão O Amazonas Melhor para Todos e Marilene, candidata ao senado, comandaram uma carreata no Bairro da Cidade de Deus, na Zona Leste.  

MAGNO MALTA DEVERÁ PARTICIPAR DA CAMPANHA DO ALFREDO

Malta e Dilma
O Senador e integrante da banda gospel Tempero do Mundo, Magno Malta (PR/ES), deverá participar da campanha de Alfredo Nascimento no Amazonas. Liderando as pesquisa no Espírito Santo, o Senador que presidiu a CPI da pedofilia, poderá contribuir na campanha do candidato ao governo da coligacão O Amazonas Melhor para Todos.

sábado, 11 de setembro de 2010

CAMINHADA NO BAIRRO SÃO SEBASTIÃO


Marilene Corrêa participou
Na arrancada rumo à vitória, o candidato ao governo Alfredo Nascimento, na companhia de Marilene Corrêa e Jerfferson Praia, candidatos ao senado, realizaram hoje pela manhã uma caminhada no Bairro de São Sebastião.

O evento encerrou-se com o encontro do Alfredo com o candidato a vice-governador, Serafim Corrêa, que fez outra caminhada no Bairro de Petrópolis.    

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

CAMINHADA NO SANTO AGOSTINHO

Alfredo já fez sua opcão para o senado
Veja a verdadeira pesquisa, ou seja, quem o povo vai eleger para governar o Amazonas no dia 03 de outubro.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

FILHOS DE CÂMARA ESTAVAM COM O DINHEIRO SUSPEITO

A Polícia Federal (PF) divulgou ontem (8.set.2010) a apreensão de R$ 472,13 mil, dentro de uma caixa de papelão, no Acre. O destino do dinheiro era a Rádio e Televisão Boas Novas, que tem como sócia a candidata a deputada federal Antônia Lúcia Câmara (PSC-AC). Quem estava com a quantia eram os filhos da política, informou o jornal “O Rio Branco”.




Segundo o jornal, a PF divulgou texto sobre a apreensão para a imprensa local sem citar os nomes dos envolvidos, mas a ligação com Lúcia Câmara seria inevitável. Ela é mulher do atual deputado federal pelo Amazonas Silas Câmara (PSC-AM).

Após a apreensão do dinheiro, Lúcia concedeu entrevista a "O Rio Branco" e admitiu que a quantia tinha como destino sua rádio. No entanto, negou que fosse parte de um caixa 2 de campanha.

“A origem do dinheiro é um empresário do Amazonas, do município de Boca do Acre, que fez uma doação para a Rádio e Televisão Fundação Boas Novas Igreja Assembléia de Deus, do Amazonas, e que, na ocasião, encontrou meu filho”, declarou a candidata a “O Rio Branco” na noite de 8.set.2010.

Há um dado curioso nessa história. Boca do Acre registra PIB inferior à doação: segundo dados do IBGE referente a 2007 (os mais atuais) a cidade tem PIB de R$ 166,047 mil. Quem já visitou o local tem dúvidas sobre a existência de um empresário capaz de doar R$ 472,13 mil sem ir à falência.

Na entrevista, Antônia Lúcia ainda relatou que seu filho, sua filha e o doador estavam com o dinheiro quando a PF realizou a apreensão.

Abaixo, íntegra da entrevista concedida pela candidata a “O Rio Branco”, na noite de 8.set.2010:

O Rio Branco: Missionária, não ficou claro na divulgação do release da Polícia. Mas, nas entrelinhas, ficou evidente que a única candidata, que tem ligação com emissoras de rádio e televisão é a senhora. O que a senhora tem a declarar sobre a apreensão do dinheiro?

Antonia Lúcia Câmara (PSC-AC): Contra fatos não há argumentos. Esse dinheiro nunca foi da minha empresa, que é a Rádio e Televisão Publicidade Ltda. Jamais este dinheiro vinha para as minhas mãos ou para fazer política e caixa dois. Eu conheço a perseguição e os métodos dos perseguidores deste Estado. E que minhas mãos, minhas empresas e minha conduta são ilibadas. Eu desafio qualquer autoridade policial, ou qualquer juiz, a provar que algum dia eu estivesse fazendo uso indevido de dinheiro...

O Rio Branco: E qual seria a origem do dinheiro?

ALC: A origem do dinheiro é um empresário do Amazonas, do município de Boca do Acre, que fez uma doação para a Rádio e Televisão Fundação Boas Novas Igreja Assembléia de Deus, do Amazonas, e que, na ocasião, encontrou meu filho. E trouxe meu filho para a cidade de Rio Branco, que por sua vez fez um telefonema para mim. Meu telefone estava, como continua estando, com minha outra filha. Foram se encontrar sem saber qual seria o tamanho da doação, entende?

A Polícia Federal, quero saber se é de forma ilegal, está me perseguindo a mando, com certeza, das autoridades deste Estado. Tentaram armar um flagrante, mas não deu certo.

Não prenderam meus filhos, liberaram meus filhos. Porque o rapaz disse de onde é a origem do dinheiro e disse pra quem iria entregar o dinheiro. A Polícia Federal está fazendo uma confusão, um equívoco muito grande, juntamente com o juiz eleitoral Romário Divino, que essa Boas Nova, seja minha Boas Novas Ltda, que é pequeníssima, nunca recebeu nem uma oferta acima de R$ 20 mil, de ninguém e a que recebeu saiu do meu próprio bolso. Então, está havendo um confusão de nomes, Fundação Boas Novas Igreja Assembleia de Deus, é do Amazonas, para onde o dinheiro iria, e para onde o dinheiro, quando for liberado vai. Ela vai emitir um recibo e declarar, agora eles estão imaginando que a Boas Novas é a minha, que tem o nome registrado de Boas Novas Ltda.

Está existindo um equivoco. Uma confusão e, eu acho que isso vai ser esclarecido, porque, como falei antes, contra fatos não há argumentos.

Estou tranqüila, minha consciência firme, e disposta a ir para as urnas com legitimidade, dentro das leis e, com certeza, Deus vai agir com misericórdia e os homens de bem, das leis vão entender que não se trata de dinheiro clandestino, de corrupção. É só puxar minha conta bancária e das Boas Novas Ltda, dos últimos três anos, ou os extratos dos últimos 16 anos, da Fundação Boas Novas Assembleia de Deus.

O Rio Branco: Missionária, se a sede da Fundação Boas novas Assembleia de Deus é em Manaus, no Amazonas, como a senhora explica que o dinheiro tenha vindo parar aqui em Rio Branco?

ALC: Eu explico isso da mesma forma que todos os pacientes que vem pra cá, a tratamento de saúde, do município de Boca do Acre. Eles pegam um avião aqui na cidade de Rio Branco, porque é mais próximo. É o mesmo motivo. É mais próximo chegar a Rio Branco e pegar outro voo. É tão comprovada essa situação, que meu filho e o empresário já estavam de viagem marcada, como viajaram, meu filho imediatamente, para a cidade de Manaus. É só procurar, acho que é na Gol, ou na TAM, que ele viajou no mesmo dia, na madrugada, pra onde iria o dinheiro.

O Rio Branco: Existe uma dúvida sobre a apreensão do dinheiro. Onde e como ocorreu a ação da Polícia Federal?

ALC: É o seguinte. Minha filha estava com meu celular, quando meu filho ligou, dizendo: 'olha, tem um rapaz aqui, um comerciante que vai fazer uma doação para a Boas Novas e não conheço a cidade de Rio Branco, você pode Você pode vir nos buscar?' Ela foi, mas não sabia do que se tratava. E a Polícia Federal já havia grampeado os telefones. É uma perseguição por causa do meu trabalho.

Minha filha então foi buscá-los. Quando ela chegou lá, o rapaz disse que estavam sem almoçar, quero um lugar para meu motorista descansar e estou com a doação, aqui e não posso deixar no carro, junto com o motorista, então ele transferiu o dinheiro para o carro da minha filha, quando os três foram surpreendidos pela polícia, que bateu nos vidros do carro, pedindo para desligar o motor e abrira as portas. Quando minha filha indagou sobre o motivo da ação policial, porque eles estavam sendo tratados daquela forma. E os agentes informaram que se tratava de uma denúncia de droga.

Mas minha filha falou que não havia droga no carro e sim uma doação, que eles poderiam revistar o carro e foi quando meus filhos ficaram sabendo que se tratava desse valor de dinheiro e minha filha disse que não teria problema porque minha filha daria um recibo de recebimento de doação e meu irmão leva pro Amazonas, como ele viajou em seguida, e Fundação Boas Novas vai lhe entregar o recibo e senhor pode pegar aqui comigo. E assim ficou acertado, eu não tinha o menor conhecimento dessa história.

O Rio Branco: No release da polícia federal existe a afirmação de que esse dinheiro era o resultado de um ano de arrecadação da empresa desse cidadão. A senhora tem conhecimento se ele realmente falou isso no depoimento?

ALC: Não tenho conhecimento do depoimento dele, porque meus advogados só chegaram nessa tarde e estão tomando conta. Mas acredito que o depoimento dele não é mentiroso, porque se trata de um homem de bem, que trabalha e tem uma conduta ilibada e eu acredito que quem trabalha tem condições sim de ter dinheiro, acho que ele vai justificar tudo o que ele tem,  e quanto ao tanto que ele está doando, ele é dono de um patrimônio muito maior,porque ele não iria passar fome para doar para a obra de Deus. Então eu acredito que se ele está doando trezentos mil, quatrocentos mil, um milhão ou dez milhões, é porque ele pode doar. Então eu não me assusto com isso, porque na nossa igreja nós somos  acostumados a ter várias pessoas doadoras, na igreja Assembleia de Deus do amazonas que fazem votos com o Senhor, a igreja já recebeu avião, como parte de voto. Então, essa quantia , eu acho insignificante diante das condições da igreja Assembleia de Deus do Amazonas. Eu não estou nem um pouco assustada, eu não tenho medo, estou pronta para enfrentar qualquer situação, porque quem não deve, não teme.

O Rio Branco: As pessoas que conduzem os processos judiciais das eleições dizem que corre em segredo de justiça. A troco de que a senhora acredita que divulgaram as informações de apreensão?

ALC: Se corre em segredo de justiça, é para me prejudicar na minha eleição que acontece agora no dia três de outubro. Há um interesse do governo do estado, há um interesse dos deputados federais que estão indo à reeleição que eu não consiga ser eleita. Então, isso é tudo para me prejudicar. É uma perseguição que estou sofrendo neste estado há mais de dez anos. E por amor à minha gente, ao meu povo tão sofrido, tão massacrado, tão enganado eu não consegui ainda me desvincular deste estado,porque eu já teria motivos suficientes por ter sofrido tantas acusações.

O Rio Branco: Quanto tempo seus filhos permaneceram na sede da polícia federal?

ALC: Olha, eu acredito que eles não demoraram nem 50 minutos. A Milena me disse que demorou uns 40 minutos e meu filho demorou, acho que uns 50 minutos e o doador demorou uma média de 30 minutos.

O Rio Branco: Durante a ação dos combustíveis eles prenderam três pessoas. Nesse caso, se existisse algum indício de crime a senhora não acha que deveria ter sido efetuada alguma prisão?

ALC: Se existe indício de crime deveria ter, até porque a polícia federal agiu de uma forma que, para mim, não tem explicação, porque eles não fizeram nem um flagrante no local, eles não deram ordem de prisão para quem quer que seja, inclusive, para as três pessoas que estão presas, não deram ordem de prisão no local, eles deveriam ter levado todos os envolvido, porque eles têm as fitas mostrando os envolvidos. Então por que não saem dando mandado de prisão para todas as pessoas? Por que só os pastores? Eu acho que há uma perseguição muito grande para que os pastores passem a temer a autoridade policial, temer a autoridade eleitoral, temer autoridade do poder de caneta dos  governantes, intimidar o nosso povo. Mas graças a Deus que o Senhor tem tirado as escamas dos olhos do povo de Deus que é um povo leigo e que de fato se intimida e adoece e nós estamos muito sofridos com tudo isso que estão fazendo com o nosso povo, que não tem esclarecimento sobre seus direitos, eles têm medo até da obrigação deles, se não eles não colocariam essas pessoas onde estão, é por falta de informação e esse meu dever aqui nessa terra, é orientar o povo do qual eu pertenço que é um povo cristão e dizer que nós temos direitos não  é só obrigações,não.

O Rio Branco: A senhora tem conhecimento de algum tipo de ação da Função Boas Novas para recuperar esse dinheiro?

ALC: Olha depois dessa ação eu continuei a minha agenda política, estive em dois municípios, em Capixaba, estive hoje em Epitaciolândia, ontem eu dormi em Xapuri, nas minhas reuniões e eu ainda nem localizei o meu marido, nem o presidente da Assembleia de Deus para falar sobre esse assunto, porque não vai ser nenhuma surpresa para os responsáveis da Fundação essa doação no valor de quatrocentos e poucos mil, para nós isso não é surpresa nenhuma,até porque a igreja Assembleia de Deus tem mensalmente uma receita muito mais superior a isso. Então esse carnaval é para quem nunca viu dinheiro na frente. É pra quem vê qualquer quantia e acha que é para corrupção, mas nós somos pessoas de coração e de costumes e de conduta limpa. E contra fatos não há argumentos. É uma perseguição política. Se corre em segredo de justiça, como é que já estão sugerindo que meu nome possa estar envolvido numa bobagem.

O Rio Branco: A senhora tem convicção que isso não vai inter ferir na sua campanha?

ALC: Tenho absoluta convicção e nem temo, vou enfrentar qualquer perseguição de cabeça erguida, vou continuar na campanha e tenho certeza que o povo que acredita no meu trabalho não vai se deixar influenciar  por essas denúncias.
 
Fonte: http://uolpolitica.blog.uol.com.br

PF PRENDE DINHEIRO SUSPEITO DA FAMÍLIA CÂMARA


A Polícia Federal (PF) do Estado do Acre apreendeu R$ 472 mil em Rio Branco destinados à mulher do deputado federal Silas Câmara (PSC/AM), Antônia Lucileia Cruz Ramos Câmara (PSC/AC), candidata a uma vaga na Câmara Federal pelo Acre. A informação foi confirmada pelo superintendente da PF no Amazonas, Sérgio Fontes.

Segundo ele, o dinheiro partiu do Amazonas escondido em várias caixas de papelão e foi apreendido com um homem de nome não revelado. Sérgio Fontes disse que não podia dar mais detalhes da apreensão, que ocorreu na última segunda-feira, porque a PF do Acre é quem vai coordenar a investigação.

Fontes informou apenas que a Polícia Federal do Amazonas auxiliará na investigação sobre a origem do dinheiro. “Se o dinheiro partiu do Amazonas, temos que saber de onde saiu e por que não foi transferido via agência bancária”, afirmou Fontes. A reportagem tentou contato com o superintendente da PF no Acre, José Calazane, mas não obteve sucesso.

Segundo o Portal Veja.com, a PF do Acre apura se o dinheiro apreendido é de ‘Caixa 2’. Ainda segundo o site, outros crimes estão sendo investigados como: abuso de poder econômico, corrupção eleitoral e doação financeira não declarada à Justiça Eleitoral. A quantia, segundo o portal, foi depositada na Caixa Econômica Federal e está à disposição da 10ª Zona Eleitoral do Acre.

O Veja.com informa ainda que o dinheiro era destinado a uma emissora de rádio que tem como sócia a mulher de Silas Câmara. O portal informa também que o homem que estava com os R$ 472 mil declarou à PF que o valor foi doado por um estabelecimento comercial localizado em um município do interior do Amazonas. Segundo o homem, o valor foi acumulado durante quatro anos de faturamento do comércio, que não teve o nome identificado.  

Antônia Lucileia, como é conhecida, é missionária da Igreja Assembleia de Deus no Acre e busca se unir ao marido na Câmara Federal. Procurado pelo DIÁRIO, Silas Câmara disse que desconhecia a apreensão dos R$ 472 mil destinados à mulher dele. O parlamentar confirmou que Antônia Lucileia é candidata, mas não quis falar sobre a apreensão.

“Estou em campanha pelo interior (do Amazonas) e não sei de nada disso (apreensão dos R$ 472 mil). Não li nenhuma informação sobre esse assunto, até porque onde estou não tem internet”, disse Silas Câmara, sem querer dizer em qual município estava. O DIÁRIO também tentou entrar em contato com Lucileia, por telefone, mas não obteve sucesso.

Igreja

A Igreja Assembleia de Deus é alvo de investigação da Polícia Federal do Amazonas desde 2004, por suspeita de ‘lavagem de dinheiro’ e evasão de divisas. O inquérito investiga os irmãos Jônatas, Samuel e Dan Câmara, a Igreja Assembleia de Deus e a Fundação Boas Novas - entidades dirigidas por eles no Amazonas.  

Jônatas é presidente da Assembleia de Deus no Estado, Samuel dirige a igreja no Pará e Dan Câmara é pastor da igreja e comandante-geral da Polícia Militar (PM) do Estado.

Segundo o superintendente da Polícia Federal, o inquérito é um desdobramento das investigações da operação Farol da Colina, deflagrada em setembro de 2004, que apurou crimes de lavagem de dinheiro e remessa ilegal de recursos para o exterior envolvendo empresários de sete Estados, incluindo o Amazonas.

Fonte: http://www.d24am.com

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

BALSA DA CEASA VIROU CASO DE POLÍCIA

Foi preciso chamar a polícia

A balsa que faz a travessia do porto da CEASA para o Careiro Castanho, no fim da semana passada, virou caso de polícia. Enquanto os motoristas esperavam até 10:00 horas na fila, debaixo de um sol de 40 graus, alguns "espertos" estavam pagando propina para não enfrentar a fila.
e a impressa também

Além da polícia, uma equipe de uma rede de televisão foi chamada para registrar a revolta das pessoas que estavam na fila esperando sua vez para atravessar para o porto do Careiro Castanho.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Deputado do partido da Vanessa condenado


O Tribunal de Contas do Estado (TCE) condenou nesta quinta-feira o deputado estadual Wilson Lisboa (PCdoB) a devolver aos cofres públicos do município de Fonte Boa (a 678 quilômetros de Manaus) R$ 3.427,132, por irregularidade na prestação de contas do município durante a sua gestão como prefeito, em 2004. Lisboa foi condenado ainda ao pagamento de multa no valor de R$ 18 mil, por atraso na prestação de contas e por problemas na admissão de servidores municipais.

A reprovação de prestação de contas, em processo transitado em julgado, implica inelegibilidade. Lisboa, que tenta se reeleger deputado estadual, teve o registro de candidatura negado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) por estar inelegível porque também foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

De acordo com o relator do processo, Érico Desterro, as contas foram rejeitadas por uma série de irregularidades   como a não apresentação de pagamentos feitos aos professores da rede municipal de ensino, não comprovação de pagamento de pessoal administrativo, atraso de encaminhamento de relatório da execução orçamentária, aquisição de passagens fluviais no valor de R$ 20 mil e compra de combustível no valor de R$ 37.095,00, sem a realização de processo licitatório, entre outros.

Sobre o processo seletivo realizado pela Prefeitura de Fonte Boa, o conselheiro relator declarou o processo nulo e pediu a anulação das contratações. O pai do deputado, Sebastião Lisboa, vice-prefeito à época, que assumiu a prefeitura após a saída do filho em abril de 2004, também foi  multado em R$ 15 mil. A decisão determina o envio dos documentos ao Ministério Público do Estado (MPE), para que sejam tomadas as providências.

Em agosto de 2009, o TCE tomou uma decisão preliminar que considerou irregulares as contas do município. Foi concedido um prazo de 30 dias para que o deputado apresentasse defesa, o parlamentar então solicitou a extensão do prazo por mais dois meses, concedida pelo conselheiro Lúcio Cabral. Mas em um ano, Lisboa não se manifestou.

Segundo Érico Desterro, o parlamentar alegou não ter recebido nenhuma notificação do TCE. Porém, o conselheiro contesta a informação afirmando que Wilson Lisboa gastou R$ 202,90 em cópias do processo para utilizar em sua defesa. Lisboa foi procurado pela reportagem, mas não retornou as ligações. Ainda cabe recurso.


Fonte:http://www.d24am.com

CABOS ELEITORAIS LOTAM AGÊNCIA BANCÁRIA

Atraso de pagamento

Na tarde desta quinta-feira (2), aproximadamente 300 cabos eleitorais da candidata ao Senado pela coligação ‘Avança Amazonas’, a deputada federal Vanessa Grazziotin (PCdoB) lotaram a agência do Bradesco, na sede da Sefaz, para receber o salário.

“O comitê atrasou a entrega dos dados  e não deu tempo do banco fazer os cartões magnéticos”, explicou Raul Zaidan, coordenador financeiro da campanha.

Os cabos eleitorais formaram longas filas. Tinha gente até do lado de fora da agência esperando para receber o pagamento pelos serviços prestados em agosto

Fonte: http://www.acritica.com

TSE BARRA CANDIDATA DO PSDB: ficha suja


O TSE aceitou um recurso do Ministério Público, que contestou decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de conceder o registro da candidatura da política. No recurso, o Ministério Público alegou que Abadia foi condenada por captação ilícita de sufrágio nas eleições de 2006.

A ex-governadora foi condenada a pagar multa de R$ 2 mil por compra de votos durante a campanha eleitoral, quando concorria à reeleição, mas não teve o seu diploma cassado porque não se elegeu para o governo do Distrito Federal.

O Ministério Público sustentou que, por causa da condenação, ela não poderia ser candidata, já que a Lei da Ficha Limpa proíbe a candidatura desses políticos.

"Não tinha como cassar o registro porque ela não foi eleita. Mas ela foi condenada, não interpôs recurso e foi imposta pena de multa que ela pagou. Parece-me que a hipótese é tipicamente de aplicação da lei", afirmou o relator do caso no TSE, Arnaldo Versiani.

Fonte: http://www.acritica.com 

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

PRISÃO PERPÉTUA PARA PEDÓFILO


A cantora Cláudia Leite, ao lado da apresentadora Luciana Gimenez, do padre Antônio Maria e do pastor Silas Malafaia são alguns dos nomes que irão aparecer na campanha eleitoral do senador Magno Malta (PR-ES), candidato à reeleição.O depoimento dos citados se insere numa das bandeiras do candidato, que é o combate à pedofilia. Todos deverão gravar mensagens para serem veiculadas sob o slogan “Todos Contra a Pedofilia”. Malta propõe a adoção de prisão perpétua para quem cometer esse tipo de crime.

Fonte: http://blogdafloresta.com

GOVERNO DO AMAZONAS VAI GASTAR MAIS DE 02 MILHÕES EM SALGADOS


A Ripasa, Comércio e Representações de Alimentos LTDA, vai fornecer quase a totalidade dos  cerca de  150 mil centos de salgadinhos encomendados pelo governo do estado para serem degustados em coquetéis promovidos pelos órgãos da administração direta e indireta. Só de croquete recheio carne, croquete recheio camarão, rissoles recheio queijo,  rissoles recheio misto e rissoles recheio bacalhau, são  mais de 40 mil centos. Fora a preferência por croquete, o preço é que é salgado: R$ 2,2 milhões.

Fonte: http://www.blogdoholanda.com

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE A REVITALIZACÃO DA PONTA NEGRA


O vereador José Ricardo Wendling (PT) destacou a Audiência Pública que será realizada às 14h30 desta quarta-feira(1/9), na sala de reunião da Câmara Municipal de Manaus (CMM), sobre a problemática envolvendo a revitalização da Ponta Negra, Zona Oeste, tendo como autores os vereadores José Ricardo Wendling (PT) e Marcelo Ramos (PSB). No último dia 16 de agosto, foi feita a juntada das duas solicitações de Audiência Pública sobre o tema - a de José Ricardo e a do vereador Marcelo Ramos. “Agora esse debate, que é oportuno e urgente, irá acontecer”, declarou o vereador.

De acordo com José Ricardo, a revitalização da Ponta Negra, orçada em R$ 70 milhões, resultou na retirada de todos os permissionários que trabalhavam na área para o início das obras. Ele lembrou que desde o dia 16 de abril deste ano apresentou requerimento na Casa para realização de Audiência Pública sobre esse projeto. “Mas somente no final de junho esse requerimento foi aprovado”.
     
Em maio deste ano, José Ricardo também solicitou da Prefeitura cópia do referido projeto, mas recebeu apenas o projeto arquitetônico. “Faltaram os detalhes das ações a serem executadas, inclusive, sobre a questão dos trabalhadores”. Ele diz que os permissionários foram retirados da área sem nenhuma alternativa. “E fica mais um questionamento: quando terminar a revitalização, permanecem esses trabalhadores ou entrarão novos permissionários? Porque já falaram até em privatização”, questiona o parlamentar, enfatizando que os primeiros prejudicados nesse processo foram os trabalhadores.
Fonte: http://josericardopt.com.br

Grito de Refúgio Contra Violência Sexual e Infantil e Crime de Pedofilia


O caso mais recente de violência sexual contra criança que aconteceu com um menino de 4 anos, fez com que não só parentes e amigos da vítima, mas também familiares de outros que sofreram o mesmo crime saíssem às ruas para mostrar sua indignação, na manhã desta terça-feira (31), na Zona Leste de Manaus.

Cerca de 50 pessoas rodam as ruas da Grande Circular, indo até o Jorge Teixeira para chamar atenção para essa violência, que voltou a pauta depois do caso do menino de 4 anos, o último registrado, no dia 9 de agosto, estuprado por outro de 12 anos no banheiro da escola Mario Jorge Couto Lopes, da Cidade Nova.
Membros do Conselho Tutelar também se fazem presente no manifesto e dizem que a Zona Leste é a região com mais incidência do crime, apresentando dados que vão de janeiro a agosto de 2010, com 160 casos registrados só nesse período.

Com faixas e gritos contra a violência, a manifestação leva o nome “Primeiro Grito de Refúgio Contra Violência Sexual e Infantil Dentro e Fora das Escolas e o Crime de Pedofilia”. Eles pretendem ainda promover outras passeatas como esta daqui para frente.

Fonte:   http://www.acritica.com

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Nacionais:
- Indústrias se preparam para um Natal ‘forte’. Pesquisa da FGV revela que 57,1% esperam que a situação dos negócios, em seis meses, seja melhor que a registrada nos mesmos meses de 2009; 
- Grupo fura poço e acha gás no São Francisco. Consórcio liderado pela Orteng informou ter encontrado o combustível na Bacia do São Francisco, em Morada Nova de Minas, na Região Central. O volume localizado ainda está em análise.
- Para mais de 70% das famílias, orçamento atual é melhor do que há um ano; 
Política
- Lula diz que se dedicará ao debate sobre reforma política após mandato;
- Lula agora prioriza eleição de bancada forte;
- Lula reitera intenção de trabalhar pela A.Latina e África a partir de 2011;
- Na TV, Dilma enfatiza geração de emprego. No horário eleitoral gratuito de hoje (31) à noite, a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, destacou a geração de emprego e a distribuição de renda propiciadas pelo governo do PT à frente do Palácio do Planalto; 
- Dilma: país está chegando quase no pleno emprego; 
- Dilma diz que, se eleita, vai discutir mínimo com centrais sindicais; 
- Dilma – ProUni muda a realidade do ensino superior; 
- Dilma acusa oposição de ‘uso eleitoral’ do vazamento de dados da Receita. Em entrevista ao Jornal da Globo, a petista disse que rivais têm histórico de vazamentos e grampos; 
- Mercadante confirma Lula e Dilma no final da campanha; 
- Vitória de Dilma abre discussão sobre sucessão de Michel Temer no PMDB. 
Esportes:
- Lula recebe título de Torcedor Símbolo do Centenário; 
- Detalhes do projeto do novo estádio do Corinthians são revelados. Capacidade para 48 mil lugares é mantida; abertura da Copa na cidade de São Paulo depende da Fifa; 
- Milan acerta a contratação de Robinho por 15 milhões de euros. 
Internacionais:
- Obama põe fim à guerra no Iraque. Presidente anuncia que as missões de combate dos EUA naquele país estão encerradas. Cerca de 4,4 mil militares americanos morreram em combate desde 2003;
Brasília/DF:
- TSE também nega registro a Roriz. Por 6 votos a 1, o Tribunal Superior Eleitoral confirmou a inelegibilidade de Joaquim Roriz, candidato a governador do Distrito Federal pelo PSC. Os ministros rejeitaram o recurso apresentado pelos advogados de defesa e reiteraram a decisão do TRE de enquadrar Roriz com base na Lei da Ficha Limpa. Com o veredicto de ontem, a Justiça Eleitoral concluiu seu entendimento acerca do ex-governador, que renunciou em 2007 para fugir de um processo de cassação no Senado. 

Fonte: http://blogdadilma.blog.br