sexta-feira, 21 de junho de 2013

Deslocamento forçado atinge 45,1 milhões de pessoas no mundo


O Alto Comissariado da ONU para Refugiados (ACNUR) divulgou um dado alarmante: em 2012, a cada quatro segundos, questões humanitárias obrigaram o deslocamento forçado de pelo menos uma pessoa no mundo.

No final do ano passado, 45,1 milhões de pessoas estavam nesta situação – 15,4 milhões refugiadas, 28,8 milhões forçadas a sair de seus países e 937 mil que solicitaram asilo, além dos que nasceram de pais refugiados e que se encontram sem pátria.

Entre os refugiados 48% são mulheres e 46% menores de 18 anos. Esses dados podem ser conferidos no relatório Tendências Globais 2012 do ACNUR. A entidade das Nações Unidas é responsável hoje por 35,8 milhões de pessoas nessa situações.