terça-feira, 25 de junho de 2013

Waldemir defende pacto proposto pela presidenta Dilma Rousseff


O líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Waldemir José, no Pequeno Expediente da sessão ordinária de hoje (25), defendeu e elogiou as cinco (5) medidas adotadas pela presidente Dilma (PT), durante a reunião com os prefeitos e governadores, para atender às reivindicações dos manifestantes.

Na reunião realizada ontem, a Presidente Dilma anunciou um pacto para melhorar a vida dos brasileiros. Ela defende que haja uma responsabilidade fiscal para que não tenha crescimento no índice da inflação e gastos desnecessários; uma reforma política em que a população indique o melhor caminho para a representação política, por meio de um plebiscito; a implantação do plano nacional de mobilidade urbana com a redução dos preços da tarifa de ônibus, assim como, a desoneração fiscal do setor de transporte; a destinação de 100% do recurso do petróleo destinado à educação e, em especial, aos salários dos professores; levar aos locais mais distantes do país médicos para atender a população que convive com uma saúde precária.

Segundo Waldemir José, essas medidas responderão aos anseios da população brasileira que esteve nas ruas nesses últimos dias protestando contra os problemas dos serviços públicos, especialmente o transporte coletivo que há décadas não tem melhoria, e cuja responsabilidade é dos governos estaduais e municipais, além da saúde pública que vive o caos sem médicos para atendimentos. “A postura do Governo Federal é louvável porque busca a solução para os problemas do país”, disse o parlamentar.

Para contribuir com essa pauta, o líder petista deu entrada no requerimento N. 3426/13 que solicita à Mesa Diretora da Câmara, por meio da Comissão de Transporte, Viação e Obras Públicas (COMTVOP/CMM) a realização de reunião extraordinária para debater a diminuição da tarifa de transporte público e a melhoria do sistema de transporte da cidade e, também, no requerimento N. 3444/13 para realização de Audiência Pública para debater a Proposta de Emenda à Constituição Nº37 de 2011 que retira o poder de investigação do Ministério Público.

Fonte: Assessoria de Comunicação