quinta-feira, 13 de junho de 2013

José Ricardo solicita do MPE e do TCE investigação na construção do hospital de Silves que já dura há uma década


O deputado José Ricardo Wendling (PT) ingressou com representação no Ministério Público do Estado (MPE) e no Tribunal de Contas do Estado (TCE) para que investigue a construção do hospital no Município de Silves (a 203 quilômetros de Manaus), que está em obras há pelo menos uma década, já foi reformado três vezes e nunca foi inaugurado ou entrou em funcionamento. Um empreendimento que já custa aos cofres públicos mais de R$ 4 milhões.

“Uma verdadeira novela é a obra desse hospital. Uma vergonha”, declarou o parlamentar, ressaltando que somente ele já fez umas três fotos diferentes de placas da obra indicando ampliação e informando aditivos ao empreendimento.

Enquanto isso, os moradores da cidade são atendidos num prédio de madeira e sem as condições adequadas para o funcionamento de um hospital. “Por que tantas ampliações e tantos aditivos feitos a essa obra? O Ministério Público e o TCE devem investigar essa construção, inclusive, as condições físicas do prédio, já que na enchente de 2012 o local ficou completamente alagado”.

Para ele, esse é um caso emblemático, mas se trata do descaso do Governo do Estado com a saúde pública. “Falta vontade política para resolver esses impasses, assim como acontece no Pronto-Socorro João Lúcio e em diversos hospitais do Estado”, disse ele, referindo-se às últimas denúncias feitas sobre o João Lúcio, indicando que continua com superlotação, com pacientes atendidos pelos corredores e com a longa espera para a realização de exames especializados.

“Estive nesse pronto-socorro no ano passado. E vou voltar lá, para fazer o comparativo se algo mudou, já que enviei relatório dessa visita à Secretaria de Estado da Saúde (Susam). Mas, pelo visto, parece que nada aconteceu. Continua o mesmo descaso”, completou.

Fonte: Assessoria de Comunicação