quarta-feira, 4 de setembro de 2013

José Ricardo ingressa com nova representação no TCE contra irregularidades na Maternidade Ana Braga


O deputado José Ricardo Wendling (PT) ingressará nesta terça-feira (3) com nova representação no Tribunal de Contas do Estado (TCE), denunciando suspeitas de irregularidades em compras diretas de medicamentos, de material e de manutenção em equipamentos hospitalares na Maternidade Ana Braga, Zona Leste, além de “esquema” de desvio de produtos/materiais que chegam ao almoxarifado.

Em maio deste ano, o TCE constatou essas irregularidades, após denúncia feita pelo parlamentar, mas na gestão anterior da Maternidade, condenando a gestora Cleomirtes da Silva Sales ao pagamento de multa no valor de R$ 8,7 mil, processo que resultou no seu afastamento, bem como proibição para realização de novas compras com dispensa de licitação, além de terem sido solicitadas providências do Governo do Estado.

Mas, de acordo com José Ricardo, a proibição do Tribunal de Contas não foi suficiente para inibir a prática de compras diretas na Ana Braga. “A nova gestora indicada pelo Governo do Estado também está sob suspeita de prática de desvio de recursos públicos. Estão burlando o processo licitatório e essas práticas estão persistindo ao longo das gestões. Por isso, iremos cobrar nova investigação do TCE”, declarou ele, ressaltando três exemplos de processos de compras irregulares junto às empresas WN Comércio Importações e Representações, DMC Comércio de Manutenção de produtos Hospitalares e DAF Tech Com. de Prod. Eletrônicos, que juntos somam mais de R$ 1, 6 milhão.

“São serviços de manutenção em aparelhos de ultrassonografia, aquisição de material químico-cirúrgico e manutenção de instalação elétrica sem a devida concorrência legal, além de suposto desvio de produtos e materiais. Temos que apurar e, se constatadas as práticas ilegais, que os culpados sejam punidos”, completou o parlamentar.

Fonte: Assessoria de Comunicação