sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Prêmio Campeões da Terra 2013 é entregue em Nova Iorque

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) entregou nesta quarta-feira, no Museu de História Natural de Nova Iorque, o Prêmio Campeões da Terra 2013, que é destinado a líderes inovadores cujo trabalho tem impacto positivo para o meio ambiente.

Os premiados deste ano foram Izabella Teixeira, ministra do Meio Ambiente do Brasil; o vice-presidente do Google Earth, Brian McClendon; o desenvolvedor do Sistema de Informação Geográfica, Jack Dangermond; o comissário de Meio Ambiente da União Europeia, o esloveno Janez Potocnik; o fundador do movimento Slow Food, o italiano Carlo Petrini; o professor do Instituto Scripps de Oceanografia, Veerabhadran Ramanathan, da Índia; e a diretora do Grupo Ecológico Sierra Gorda, a mexicana Martha Isabel Ruiz Corzo.

A cerimônia de premiação foi apresentada pela modelo brasileira e Embaixadora da Boa Vontade do Pnuma, Giselle Bündchen.

A ministra Izabella Teixeira recebeu o prêmio por ter desempenhado um papel-chave na redução do desmatamento na Amazônia e por conta da atuação internacional na defesa do meio ambiente . O italiano Carlo Petrini, fundador do movimentoSlow Food, foi reconhecido pelo seu trabalho visionário em melhorar a eficiência e a sustentabilidade das cadeias mundiais de agricultura e alimentação .

O movimento Slow Food possui mais de cem mil membros e está presente em 150 países, defendendo tradições alimentares locais, protegendo a biodiversidade e promovendo a produção regional de alimentos em pequenas de qualidade.

Os Campeões da Terra de 2013 estão colocando em prática ações, políticas e estratégias para acelerar transformações, são guias para um futuro sustentável , afirma o subsecretário-geral da ONU e diretor executivo do Pnuma, Achim Steiner.

O Prêmio Campeões da Terra, que foi lançado em 2005, é o principal prêmio ambiental da ONU. Até hoje, 59 indivíduos e organizações foram premiados por sua liderança, visão, inspiração e ação com o meio ambiente. A lista de laureados inclui o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore; o ex-líder soviético Mikhail Gorbatchev; o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Jacques Rogge; o presidente da Mongólia, Tsakhia Elbegdorj; o ex-presidente do México Felipe Calderon; a atriz chinesa e militante ambiental Zhou Xun; a Women s Environment & Development Organization (Wedo); e a cantora Angélique Kidjo, do Benin.

Fonte: com informações do Pnuma/ONU