quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Petrobras faz 60 anos e amplia investimentos em empresas de pequeno porte


A Petrobras completa nesta quinta-feira (03) 60 anos acumulando conquistas e desafios. Líder mundial em tecnologia para exploração de petróleo em águas profundas, a empresa tem agora o desafio de estabelecer parcerias para a retirada de óleo em águas ultraprofundas na camada pré-sal.

Matéria-prima básica para vários segmentos da indústria, o petróleo foi a ferramenta usada pelo ex-presidente da República Getúlio Vargas para industrializar o Brasil na década de 1950. A Petrobras teve um papel decisivo na história do país. Não se pode imaginar o Brasil sem uma empresa como essa. Por isso a importância de sempre buscar novas parcerias para o crescimento e valorização do nosso petróleo.

O programa de investimento em empresas de pequeno porte é viável do ponto de vista da engenharia e das demais variáveis envolvidas, como tecnologia, métricas internacionais, conteúdo local e financiabilidade. A empresa está plenamente preparada para transformar os projetos previstos no Plano de Negócios e Gestão 2013 – 2017 em sondas, plataformas, dutos, terminais, refinarias, fábricas de fertilizantes, plantas petroquímicas, usinas biocombustíveis e em centenas de outros empreendimentos de médio e pequeno porte.

Outra iniciativa em curso é a capacitação de pequenas empresas para atender as demandas do setor de óleo e gás. Para isso, a Petrobras fechou em 2004 um acordo com o Sebrae, que termina em 2014. O investimento previsto é de R$ 78 milhões, dos quais 50% da petrolífera e 50% do Sebrae. Até o momento, os técnicos do Sebrae já atenderam a 17 mil empresas. Segundo Luiz Barretto, Presidente do Sebrae, "são empresas dos mais diferentes perfis, algumas de conteúdo tecnológico, outras puramente comerciais, como papelarias e fornecedores de refeições. Há até o caso de uma pipoqueira, microempreendedora individual, que forneceu pipoca para realização de testes ambientais no entorno de plataformas", conta o executivo.