sábado, 5 de outubro de 2013

A presença federal - Por João Pedro*


Entre os dias 3 e 4 do corrente ocorreu o Encontro Estadual de Prefeitos e Prefeitas do Amazonas. Norteado pelo espírito republicano, o governo federal se fez presente neste evento com a presença da Ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, Ministro da Saúde, Alexandre Padilha e técnicos de dez ministérios. Basicamente, a presença da ministra teve como pano de fundo viabilizar projetos que dependem de financiamento federal.

A presença da ministra Ideli neste evento de gestores municipais tem sido uma das marcas que a Presidenta Dilma tem procurado dar ao seu governo: o republicanismo. O Amazonas já é o 22° estado a receber a visita da ministra, que tem se pautado a ouvir as demandas dos municípios e encontrar mecanismos para viabilizá-las, pois os recursos federais têm grande significância na maioria dos municípios brasileiros.

Além de participar do Encontro de Prefeitos, a ministra fez visitas no aeroporto Eduardo Gomes, no residencial Viver Melhor, conjunto construído com recursos do Programa minha Casa Minha Vida, e na Avenida das Torres, obras realizadas com recursos do governo federal. Além do que, deu respostas para alguns pleitos apresentados pela bancada de parlamentares amazonense, como reformas e construções de aeroportos no interior do estado, construção de portos em algumas cidades, energia do Linhão de Tucurí, Luz para Todos, entre outros pleitos.

Um dos grandes gargalos vivenciados pelas prefeituras do interior amazonense é a falta de técnicos preparados que viabilizem projetos a serem apresentados ao governo federal. Nesse sentido, os técnicos dos diversos ministérios fizeram oficinas orientando os gestores para receber recursos dos Programas federais.

A presença do governo federal neste encontro de prefeitos e prefeitas amazonenses teve grande significado, pois é uma das formas para encontrar o caminho de viabilizar os projetos para a melhoria da vida da população que, no meu entender, é o centro das demandas.

* João Pedro é presidente do PT-Am.