segunda-feira, 7 de julho de 2014

TRE avalia contestação do PT nacional contra candidatura de Praciano, a pedido do Omar.


O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) informou, na noite de ontem, que a ação da direção nacional do PT que contesta a candidatura do deputado federal Francisco Praciano (PT) ao Senado Federal será juntada, nesta terça-feira, aos autos do registro de candidatura do deputado e distribuído para um relator.

Segundo a assessoria de comunicação do TRE-AM, o processo será julgado no Pleno do Tribunal. A ação foi protocolada no TRE, na última sexta-feira, dia 3.

Praciano é candidato ao Senado na coligação ‘Renovação e Experiência’, do candidato majoritário, senador Eduardo Braga (PMDB).

O deputado Praciano afirma que Omar Aziz (PSD), também candidato ao Senado, “vem tentando impedir sua candidatura”.

Segundo Praciano, sua candidatura não foi retirada e disse que, se o PT nacional chegar a exigir a retirada, recorrerá a todas as instâncias da Justiça. “Eles ainda não chegaram a pedir a retirada da minha candidatura. Apenas contestam, mas, se pedirem, vamos recorrer até a última instância contra a decisão. Na verdade, não estou preocupado com isso”, disse.

Praciano também disse que o povo precisa de outras alternativas ao Senado Federal. “O Omar não está entendendo. Isso é um processo democrático e não dá para ganhar de ‘W.O’”, afirmou.

O advogado da coligação ‘Renovação e Experiência’, Marco Aurélio Choy, informou à reportagem que a ação do PT nacional não pede o cancelamento da candidatura de Praciano. “Não houve pedido de anulação. Eles só lembram que o PT estadual não podia disputar uma vaga ao Senado, segundo uma diretriz da direção nacional”, disse.

Segundo Choy, a ‘norma’ proibindo uma candidatura do PT regional ao Senado veio depois da realização da Convenção do partido no Amazonas, quando as candidaturas foram formalizadas.

Fonte: http://new.d24am.com/noticias/politica/avalia-contestacao-nacional-contra-candidatura-praciano/115397