segunda-feira, 21 de julho de 2014

Waldemir propõe criação de um “Plano B” para o abastecimento de água da cidade.


Com objetivo de evitar maiores danos à população, como os que ocorreram após o acidente que abalou a estrutura do Programa Águas Para Manaus (Proama), resultando na suspensão do abastecimento para cidade, o vereador Waldemir José (PT) apresentou na manhã desta segunda-feira (21), durante a Plenária da Câmara Municipal de Manaus (CMM), algumas propostas para que em situações emergenciais, como essa, a cidade tenha um segundo plano. 

Nas propostas apresentadas consta a realização de Audiência Pública para debater as causas do acidente; a solicitação ao Proama cópia do relatório pericial do acidente realizado pelo engenheiro Claúdio Toshio Watanabe; requerimento a Agencia Reguladora dos Serviços Público do Amazonas (Arsam) da documentação do sistema de proteção das estruturas de captação de água e cópia do plano emergencial. Além, disso o parlamentar cobrou a tramitação do requerimento de sua autoria que solicita da Defesa Civil cópia do plano. 

De acordo com Waldemir José, o sistema de abastecimento da cidade é vulnerável, uma vez que esse tipo de captação não possui nenhuma proteção e, principalmente, alternativa em situação de interrupções abruptas, portanto existe a necessidade de um segundo plano de abastecimento. “Precisamos aprender com esse acidente. Temos que ter um ‘plano B’ para evitar que a cidade fique sem abastecimento por muito tempo. Deixar que 500 mil pessoas sem água por um mês, num período calor com estamos enfrentando, é desumano”, disse o parlamentar. 

Apesar da Concessionaria de abastecimento de água da cidade está enviando carros-pipas para os locais atingidos pelo acidente, Waldemir afirma que não é suficiente para suprir às necessidades das famílias e defendeu que suas propostas podem contribuir para evitar maiores prejuízos para cidade em casos de situações emergenciais. Ele espera que Câmara aprove o mais breve possível suas solicitações. 

Fonte: Assessoria de Comunicação