domingo, 27 de julho de 2014

Vejam a que ponto chegou a ditadura da Globo no futebol.


Na noite da última 4ª feira, na partida Corínthians x Bahia, no Itaquerão, boa parte dos torcedores não pode ver o gol de penalti de Renato Augusto, aos 44 m do 2º tempo, completando os 3 a 0 para o timão. É que por imposição da Rede Globo, o jogo só começou às 22 h, depois do término da novela dela no horário nobre e, estes torcedores precisaram ir embora antes do término da partida, para não perder o último trem do metrô que saia à meia noite da estação Corínthians/Itaquera.

Na altura dos 35 minutos do 2º tempo – por volta das 23h40 – estes torcedores começaram a deixar o estádio, com medo de não conseguir entrar no metrô, ou perder o último trem, da meia noite. Quem ficou até o final, já encontrou o metrô fechado e teve de se virar para chegar em casa.

Mas, a Rede Globo, detentora do monopólio dos direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro, continua intocável. Um de seus principais executivos disse à Folha de S.Paulo, numa declaração de sonso, que a emissora desconhece descontentamento dos torcedores com a mudança de horário do início da partida, que antes começava bem mais cedo.