terça-feira, 15 de julho de 2014

Consumo dos brasileiros atingirá R$ 3,262 trilhões em 2014.


A gente sabe que a vida anda animada para o consumidor brasileiro: aumento real da renda, manutenção do emprego - em cinco anos, enquanto 62 milhões de pessoas perderam o emprego em todo mundo, o Brasil criou 10 milhões de vagas -, inflação controlada, tudo isso em um Brasil que tem mudado cada dia mais para melhor

Agora, uma pesquisa(link is external) divulgada pelo IPC Marketing Editora comprova que há uma “significativa expansão na potencialidade de consumo entre os brasileiros, redefinindo o extrato das classes sociais”. Em outras palavras, há evolução nas classes alta, média e emergente desse país e é cada vez menor o número de pessoas com baixa renda. Ou seja, é mais um estudo a ratificar a expansão e solidificação da nova classe média brasileira.

O estudo IPC Maps 2014(link is external) estimou que o consumo por essas terras chegará a R$ 3,262 trilhões esse ano, um crescimento de 8%, cerca de R$ 261 bilhões, comparado a 2013. A classe média responderá por 50,8% (R$ 1,55 trilhão), os emergentes por 26% (R$ 790 bilhões) e a classe alta por 19,5% (R$ 593,1 bilhão). E, se por um lado assinala que a região Sudeste continua líder no consumo, mostra também que cresce a participação de Nordeste e Norte nesse cenário.

Fonte: http://mudamais.com/daqui-pra-melhor/consumo-dos-brasileiros-atingira-r-3262-trilhoes-em-2014