quinta-feira, 19 de junho de 2014

Eleição de governador embolada no Rio: 5 candidatos em situação de empate técnico.


Tudo embolado no Rio. Mas, o pior é que nenhum deles, dentre os principais, soma o total de votos brancos e nulos que ainda permanecem como intenção do eleitor, conforme pesquisa IBOPE fechada esta semana no Estado. O Rio de Janeiro tem tradição de eleições complicadas, com decisão na reta de chega e surpresas e viradas na reta final.

De acordo com o IBOPE 27% dos eleitores fluminenses manifestaram a intenção de votar branco ou nulo quando apresentadas aos sete pré-candidatos que disputarão a eleição de governador. Mas, na capital, Rio, o número chega a 37%. No Estado, 6% não souberam dizer em quem vão votar ou não responderam à pergunta.

A pesquisa mostra os cinco principais candidatos a governador em situação de empate técnico – a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O ex-governador, deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) tem 18% das intenções de voto; o ex-ministro da Pesca e senador Marcelo Crivella (PRB-RJ)), 16%; o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), candidato à reeleição, 13%; o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) 11%; e o ex-prefeito do Rio, agora vereador Cesar Maia (DEM); 8%.

Mais da metade dos entrevistados (57%) declarou ter “nenhum” ou “pouco” interesse pelas próximas eleições. Esta pesquisa IBOPE foi entre os dias 7 e 11 deste mês, e foram entrevistados 1.204 eleitores na capital e em todo o Estado.