quinta-feira, 19 de junho de 2014

Rooney desencanta, mas Suárez deixa Uruguai vivo e complica ingleses.

Marcelo Ferrelli/Gazeta Press

Maior aposta inglesa, Rooney conseguiu nesta quinta-feira fazer seu primeiro gol em Copas do Mundo, mas o atacante e sua seleção perderam para alguém mais habituado a balançar as redes. Recém-recuperado de cirurgia no joelho esquerdo, Suárez estreou no Mundial apenas nesta tarde, e marcou os dois gols da vitória uruguaia por 2 a 1 no estádio de Itaquera.

A capacidade decisiva do atacante do Liverpool encaminha a eliminação britânica. Os campeões mundiais em 1966, sem nenhum ponto em dois jogos até agora, só chegarão à última rodada do grupo D com chances de classificação se a Itália vencer a Costa Rica nesta sexta-feira. Qualquer outro resultado já acaba com a participação do time na Copa.

O Uruguai, por sua vez, enfrenta a Itália na terça-feira, às 13 horas (de Brasília), em Natal, dependendo somente de si para se classificar, já que somou seus primeiros três pontos nesta quinta-feira. A Inglaterra, por sua vez, depende da Itália para saber se não entra em campo apenas para cumprir tabela diante da Costa Rica, também ás 13 horas de terça-feira, no Mineirão.

A definição do grupo chamado da morte se deve a Suárez. O atacante aproveitou cruzamento preciso de Cavani aos 38 minutos do primeiro tempo para abrir o placar. aos 29 da etapa final, Ronney fez seu primeiro gol em Copas do Mundo, mas Suárez, destaque uruguaio há quatro anos, foi ainda mais decisivo ao receber contra-ataque e definir o placar aos 29 da etapa final.