quinta-feira, 26 de junho de 2014

José Ricardo cobra do Estado recuperação da estação de tratamento do Proama e investimentos de proteção na área.


A colisão de um barco na estrutura da Estação de Tratamento de Água (ETA), do Programa Águas para Manaus (Proama), localizada na Ponta das Lajes, no Puraquequara (Zona Leste), deixou cerca de 300 mil pessoas sem água nas zonas Norte e Leste da cidade. Para o deputado José Ricardo Wendling (PT), esse tipo de acidente já era previsível, uma vez que a área sofre com a cheia e tem grande movimentação de embarcações. E cobrou do Governo do Estado a imediata recuperação da estrutura comprometida e urgentes investimentos de proteção (defensas) da estação de tratamento.

“Lamentamos que a população das zonas Norte e Leste, que já sofreu tanto sem água, continue sofrendo por falta de planejamento do Estado. Não investiram na prevenção, mesmo sabendo que o local tinha riscos de acidentes”, declarou o deputado, esperando que essa situação seja resolvida o mais breve possível. “Porque os técnicos do Proama ainda não falam quando será regularizado o problema da falta d’água. Enquanto isso, o povo padece sem um serviço essencial à vida”.