terça-feira, 19 de novembro de 2013

Waldemir aciona MPE para investigar denúncias sobre cobrança de propina


A denúncia feita pelo presidente do Conselho Municipal de Gestão Estratégica, o advogado Felix Valois, em artigo publicado na edição do último dia 8 em um jornal da cidade, onde apontou que quatro vereadores estariam cobrando propina dos comerciantes de materiais de construção para garantir que a emenda que trata sobre a permissão para a construção de prédios com 25 andares fosse aprovada, levou o vereador Waldemir José (PT) a solicitar do Ministério Público do Estado (MPE/AM) que investigue o caso, tendo em vista a gravidade das denúncias.

Para Waldemir, é inconcebível a existência de representantes da população atuando em proveito próprio utilizando seu cargo e o Plano Diretor da cidade para exigir pagamento para aprovação de uma Lei que determinará os parâmetros da cidade, podendo até mesmo prejudicar a qualidade de vida da população.

“A atividade parlamentar deve ser pautada nos princípios da moralidade, do interesse público e da ética, por isso solicitei do MPE a investigação dessas denúncias para que os responsáveis sejam apontados e penalizados por seus atos”, afirmou Waldemir.

O pedido que foi protocolizado na tarde desta terça-feira (19), na sede do MPE, contou com o apoio e participação da vereadora Rosi Matos e do vereador Bibiano, todos do PT. 

Fonte: Assessoria de Comunicação