sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Ministro Dias Toffoli vê “falha” na prisão de petistas


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) José Dias Toffoli afirmou em entrevista nesta 5ª feira (ontem) ao blog do jornalista Kennedy Alencar que houve uma falha na execução dos mandados de prisão expedidos pela Corte, o que resultou no recolhimento, por três dias, em regime fechado dos petistas ex-ministro José Dirceu, deputado José Genoino (PT-SP) e o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares. Os três têm direito ao regime semiaberto.

“(Isso) Deveria ter sido evitado. Parece que houve problema de comunicação nessa mudança que houve entre o anterior juiz da execução e o novo. Parece que o gabinete do ministro Joaquim Barbosa, presidente, dialogava com o substituto e não com o titular e houve aí, digamos, um problema. Não tenho detalhes desse problema, mas realmente aqueles que estão condenados ao semiaberto, ao se expedir a guia de execução, deveriam ir de imediato para o regime semiaberto”, disse o ministro.