terça-feira, 19 de novembro de 2013

José Ricardo denuncia a falta de apoio do Poder Executivo aos conselheiros tutelares e a assistência social

Foto: FALTA APOIO DO PODER EXECUTIVO AOS CONSELHEIROS TUTELARES E A ASSISTÊNCIA SOCIAL

No dia do conselheiro tutelar, o deputado José Ricardo Wendling utilizou a tribuna da Casa Legislativa para parabenizar a categoria pelo trabalho desenvolvido, apesar de toda dificuldade e falta de apoio que recebem do Poder Executivo. O parlamentar afirmou que uma das maiores reclamações dos conselheiros tem sido a ineficiência dos órgãos públicos no auxílio da tarefa de conselheiro. “No discurso é muito bonito, mas na prática vemos o desinteresse”, disse. 

LEIA MAIS EM: http://blogdojosericardo.com.br/www/NMateria.asp?id=1377

No dia do conselheiro tutelar, o deputado José Ricardo Wendling utilizou a tribuna da Casa Legislativa para parabenizar a categoria pelo trabalho desenvolvido, apesar de toda dificuldade e falta de apoio que recebem do Poder Executivo. O parlamentar afirmou que uma das maiores reclamações dos conselheiros tem sido a ineficiência dos órgãos públicos no auxílio da tarefa de conselheiro. “No discurso é muito bonito, mas na prática vemos o desinteresse”, disse.

O deputado enfatizou que a inércia da Secretaria do Estado de Assistência Social (Seas) é um dos exemplos latentes de descaso dessa gestão. Dezenas de entidades que trabalham com criança, idosos e pessoas deficientes aguardam a liberação de recursos da secretaria, sem haver o menor sinal do órgão quanto a liberação do recurso.

Na avaliação de José Ricardo, a negligência com a assistência social no Estado contribue para que tantos menores abandonados permaneçam nas ruas, - condição que os torna alvos fáceis de recrutamento para tráfico de entorpecentes e outras práticas ilícitas. “O trabalho é prejudicado porque nessa ponta o Estado não oferece estrutura as instituições”, expôs.

Fonte: Assessoria de Comunicação