terça-feira, 12 de novembro de 2013

José Ricardo sugere Audiência Pública para debater a situação financeira do Amazonas

Deputado José Ricardo (PT) discursa durante Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa do Amazonas. (Foto: Danilo Mello/Aleam)

O deputado estadual José Ricardo (PT) corroborou ao discurso do deputado estadual Marcelo Ramos (PSB) ao falar, na tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) nesta terça-feira (12), que a situação financeira do Amazonas carece de esclarecimentos.

“Concordo plenamente que devemos averiguar junto à Secretaria de Fazenda (Sefaz) qual a real situação financeira do Estado. Muitas promessas foram feitas pelo governador Omar Aziz e o vice-governador José Melo, por isso a situação financeira do Estado deve ser melhor explicada, porque essas promessas correm o risco de não serem cumpridas pois não há recursos para isso. O interior já sofre com promessas não cumpridas, onde podemos ver inúmeras placas de obras de gestões anteriores a essa”, afirmou, acrescentando que o montante relativo às ‘promessas’ soma R$ 6 bilhões.

O deputado também destacou a certa aprovação das contas do Amazonas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/AM). “Não vemos uma devida fiscalização por parte do TCE. É inacreditável como o TCE, todos os anos, aprova as contas do governo. O governador faz as promessas e o Estado vai colocando placas de obras pelo interior. Assim, o Estado já empenhou mais do que arrecadou, então como vai cobrir os custos das obras?”, questionou.

José Ricardo sugeriu a realização de uma Audiência Pública com o secretário de Fazenda, Afonso Lobo, para esclarecimentos. “Insisto que temos que discutir o orçamento em uma audiência, para avaliarmos quais as áreas que precisam de mais investimentos e sabermos o tamanho da dívida do Estado. Também precisamos saber sobre os juros das dívidas, os prazos e as condições de pagamento”, declarou.