quarta-feira, 1 de maio de 2013

Comissão da Verdade SP realiza Seminário Verdade e infância e roubada

SEMINÁRIO VERDADE E INFÂNCIA ROUBADA - 06 a 10 de maio

Eles foram sequestrados e escondidos nos centros clandestinos de repressão política. Afastados de seus pais e suas famílias, foram enquadrados como “elementos” subversivos pelos órgãos de repressão e banidos do país. Foram obrigados a morar com parentes distantes, a viver com nomes e sobrenomes falsos, impedidos de conviver, crescer e conhecer os nomes de seus pais.

Levados aos cárceres da ditadura militar, foram confrontados com seus pais, nus, machucados, recém-saídos do pau-de-arara ou da cadeira do dragão. Foram encapuzados, intimidados, torturados antes de nascer. Filhos de guerrilheiros que hoje estão desaparecidos, nasceram em prisões e cativeiros. Sofreram torturas físicas e psicológicas, como Carlos Alexandre Azevedo, que com 1 ano e 8 meses apanhou e foi levado ao Dops. Anos depois, em fevereiro deste ano, aos 39 anos, não aguentou mais resistir e suicidou-se.

Para ouvir os testemunhos sobre o que eles e seus pais sofreram- ou o vazio decorrente do esquecimento desses eventos traumáticos- a Comissão da Verdade de São Paulo “Rubens Paiva” em parceria com o Instituto do Legislativo Paulista realizará o seminário “Verdade e infância roubada”. Entre 6 e 10 de maio, a Comissão irá colher cerca de 50 depoimentos de filhos de ex-presos políticos, mortos, desaparecidos e sobreviventes da ditadura militar (1964-1985).

Quando: Entre 6 e 10 de maio
Horário: Das 10h30 às 18 horas
Local: Auditório Teotônio Vilela, (1º andar) da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp)
Endereço: Avenida Pedro Álvares de Cabral, 201

REALIZAÇÃO: Comissão da Verdade do Estado de SP "Rubens Paiva" e Instituto do Legislativo Paulista