terça-feira, 28 de maio de 2013

José Ricardo defende os professores

José Ricardo defendeu os professores da rede estadual de ensino que promoveram mobilização, na semana passada, paralisando as atividades educacionais por dois dias, reivindicando melhores condições de trabalho, reajuste salarial de 15% e direitos trabalhistas descumpridos pelo Governo do Estado, como pagamento de vale-transporte, auxílio-alimentação, plano de saúde e cumprimento da Hora de Trabalho Pedagógica (HTP). A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) avisou que irá notificar como falta esses dois dias não trabalhados, além descontar R$ 100 no próximo pagamento.

“Os professores estavam reivindicando apenas o que têm direito legal e que o governador não cumpre. O Governo não é penalizado quando não cumpre com os seus deveres e quando não oferece uma educação digna à população”, declarou ele, ressaltando que mais de três mil professores (quase 50% dos educadores da rede, segundo o Portal UOL, com base no Censo de 2012) trabalham por meio de processo seletivo, em vez do Estado realizar concurso público, conforme prevê a Constituição.

Fonte: Assessoria de Comunicação