quinta-feira, 23 de maio de 2013

José Ricardo quer Audiência Pública para discutir o futuro da Zona Franca e as alternativas econômicas para a região


Líder do PT na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), o deputado José Ricardo Wendling está propondo Audiência Pública para discutir o futuro da Zona Franca de Manaus (ZFM), seus impasses, como demissões no setor de componentes e discussão para que o Amazonas tenha autonomia nas regras dos Processos Produtivos Básicos (PPBs), a fim de agregar componentes regionais, além de debater sobre as alternativas econômicas para o Estado.

Esse debate terá a participação da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), do Governo do Estado, dos industriais e dos trabalhadores do Polo Industrial de Manaus (PIM).

José Ricardo citou a preocupante estatística do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Material Plástico de Manaus (Sindplast): demissão de 50% dos trabalhadores nos últimos 17 meses (cerca de sete mil pessoas). “É o setor de componentes reduzindo a produção e o emprego, diante da falta de autonomia do Estado para agregar os componentes locais aos produtos finais produzidos no PIM, como setores eletroeletrônicos e duas rodas”, disse.

Esse impasse do setor de componentes, de acordo com o parlamentar, deve-se ao fato das regras dos PPBs para a industrialização serem, atualmente, definidas em Brasília, quando poderiam ser definidas em Manaus. “O próprio setor de componentes fala que se houvesse essa regionalização de alguns itens não haveria demissões e até melhor, que poderia duplicar ou até triplicar o número de empregos”.

Além disso, ele defendeu que a Suframa, enquanto órgão de desenvolvimento, deveria ter uma ótica focada não só para a arrecadação, mas, principalmente, para o desenvolvimento regional. “Precisamos, urgentemente, debater quais as alternativas econômicas para a região, além da Zona Franca”, afirmou ele, considerando positiva a rápida visita do ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, pela primeira vez, a Manaus, mas lamentando que não tenha tido debate mais amplo quanto ao futuro da Zona Franca de Manaus.

Neste sábado (1), o parlamentar participa de debate sobre a Zona Franca, promovido pelo Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), no Sindicato dos Metalúrgicos, Praça 14, Zona Sul.

Fonte: Assessoria de Comunicação