sexta-feira, 31 de maio de 2013

Moradores do Norte e Centro-Oeste receberão treinamento contra desastres naturais

Moradores do Norte e Centro-Oeste receberão treinamento contra desastres naturais
Após capacitar moradores de oito estados da região Nordeste para agir em situações de emergência no início do ano, o Ministério da Integração Nacional promoverá, a partir de junho, simulados de preparação de desastres nos estados do Norte e Centro-Oeste. Os treinamentos serão promovidos pela Secretaria Nacional de Defesa Civil e visam preparar moradores de áreas de risco para agir em situações de emergência, como inundações e deslizamentos de encostas.

As capacitações serão realizadas primeiro no Centro-Oeste, começando por Mato Grosso do Sul, Goiás e Mato Grosso. Em julho, será a vez dos moradores do Distrito Federal participarem do treinamento. Na região Norte, as atividades estão agendadas para agosto. Os simulados de preparação fazem parte do conjunto de ações preventivas realizadas pelo Ministério da Integração Nacional. Até o final do ano, os estados do Sul e Sudeste também serão contemplados com a ação.

O secretário nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, explica que a cultura da prevenção no Brasil ainda precisa ser reforçada. Para ele, os simulados são ferramentas que auxiliam os moradores a compreender a importância de se preparar previamente para agir nessas situações emergenciais. "Temos feito um esforço grande no sentido de estimular que as pessoas participem dos simulados. Não temos essa cultura ainda e esse é o momento para convidarmos todos os moradores das regiões Centro-Oeste e Norte a participar do treinamento", esclarece.

Balanço - Os primeiros simulados de preparação de desastres naturais foram realizados em 2011, nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste. Desde lá, os modelos de treinamento foram se aperfeiçoando e já ajudaram centenas de comunidades localizadas em áreas de risco a enfrentar desastres naturais. Ao longo desses dois anos, mais de 5,1 mil pessoas foram treinadas pela Defesa Civil Nacional, incluindo moradores, técnicos e gestores estaduais e municipais que trabalham com defesa civil.