sexta-feira, 24 de maio de 2013

Professores vão às ruas e fazem manifestação em frente à sede do Governo


Eles protestam por aumento salarial (15%) e o cumprimento da Lei nº 11.738/08 que determina um piso de R$1.451, entre outras melhorias para a categoria.


Na manhã desta sexta-feira (24) cerca de três mil professores da rede estadual e municipal de ensino, segundo os organizadores, realizaram uma manifestação em frente à sede do Governo, bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus.


Munidos de faixas e cartazes, os professores protestam por aumento salarial (15%) e o cumprimento da Lei nº 11.738/08 que determina um piso de R$1.451, entre outras melhorias para a categoria na área da educação.


A manifestação é coordenada pela Associação de Professores e Luta de Manaus (Asprom) e não tem apoio do Sindicato dos Trabalhadores de Educação do Estado do Amazonas (Sinteam), que é contra a mobilização da categoria.


Após a manifestação, os professores foram à sede do Ministério Público do Amazonas (MP/AM). Às 14:00 horas a categoria reúne-se com o Arcebispo de Manaus, em seguida fazem passeata no centro de Manaus e, às 16:00 horas, acontece uma assembleia geral no Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações (SINTELL), sito à rua Alexandre Amorim, 392, Aparecida.