sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Ex-senador e ex-vice de Aécio é suspeito em esquema de desvio de dinheiro

O ex-senador e ex-vice-governador Clésio Andrade (PMDB-MG)

O ex-senador Clésio Andrade (PMDB-MG) é suspeito de fraudar um documento para justificar gratificações investigadas pela Polícia Civil como parte de esquema de desvio de dinheiro de pelo menos R$ 20 milhões do Sest (Serviço Social do Transporte) e do Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte).

Clésio, que foi vice do presidenciável Aécio Neves no primeiro mandato do governo do tucano em Minas Gerais (2003-06), é investigado pela operação São Cristovão, da Polícia Civil do Distrito Federal em parceria com o Ministério Público do DF e de Minas Gerais, deflagrada nesta sexta-feira (19).

Foi emitido um mandado de busca e apreensão na casa do ex-senador em Belo Horizonte e um mandado de condução coercitiva, quando o investigado é encaminhado à polícia para prestar esclarecimentos, mas ele ainda não foi encontrado.