segunda-feira, 12 de maio de 2014

Waldemir retoma o pedido de CPI para investigar o transporte da cidade.


Diante da retaliação aparentemente forçada pelos rodoviários e após a queda da liminar que afastou por irregularidade o presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM), o vereador Waldemir José (PT) retomou o pedido de Comissão de Parlamentar de Inquérito (CPI), solicitado, ano passado, para investigar o sistema de transporte público da cidade. O anúncio foi feito durante o Pequeno Expediente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), na manhã desta segunda-feira (12). 

Conforme denúncias dos diretores do Sindicato dos Rodoviários, existe uma suposta quadrilha na Superintendência Municipal de Transportes Urbanos, (SMTU) que beneficia o transporte clandestino na cidade. Além disso, segundo a denúncia, houve uma oferta de propina no valor de R$ 1 milhão de reais para que os diretores do Sindicato dos Rodoviários não assinassem a convenção coletiva, bem como de que existem empresários e juízes envolvidos no afastamento da diretoria do Sindicato. 

De acordo com Waldemir José, essas denúncias são sérias e consistentes para que se faça uma investigação no Sistema de Transporte da cidade e a Câmara não pode se esquivar em realizar essa investigação. “Estamos assistindo a uma situação de instabilidade no transporte, há muito tempo e esta Casa não pode ficar passiva e omissa diante dessas denúncias que foram feitas e ficar esperando que os problemas se resolvam de forma mágica. No final, quem é penalizada é a população que sofre com o péssimo serviço prestado pelas empresas de ônibus”, disse o parlamentar. 

Ele lembrou que os usuários do sistema pagam R$49,500 milhões mensal a cada empresa de transporte púbico que atende a cidade, portanto afirmou que, possivelmente, o pagamento de propina deve ter sido pago pela população. “Esse é mais um item que deve ser investigado pela CPI”, afirmou Waldemir. 

“Não podemos fazer de conta que o problema do transporte não é grave. Não podemos ser omissos”, disse Waldemir ao solicitar apoio aos demais vereadores no sentido de assinarem o requerimento de pedido de CPI para investigar o transporte. Ele informou, também, que solicitará apoio ao Delegado Geral da Policia Civil do Estado para que seja aberto um processo criminal para investigar as denúncias.

Fonte: Assessoria de Comunicação