quinta-feira, 22 de maio de 2014

Castro diz que advogada de Adail é paga com dinheiro da prefeitura de Coari.

O deputado apresentou extratos que comprovam os pagamentos irregulares ao advogado de defesa de Aldail – foto: divulgação

O deputado Luiz Castro (PPS) denunciou na manhã desta quinta-feira (22) que o prefeito afastado de Coari, Adail Pinheiro ainda mantém esquema de coação a vítimas de pedofilia e pagamentos irregulares a advogado de defesa.

Segundo o deputado, que integra a CPI da pedofilia na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), o advogado Francisco Balieiro recebeu da Casa Civil da prefeitura de Coari o montante de R$ 275 mil no mês de fevereiro.

“Estamos denunciando o prefeito mais uma vez, e o vice-prefeito também, porque os pagamentos se deram justamente quando Adail foi preso e o vice assumiu. Ele continua sendo o prefeito de fato”, afirmou Castro.

O deputado apresentou extratos bancários que diz comprovarem os pagamentos irregulares ao advogado de defesa de Aldail. “Quem deu ordens para que esse dinheiro viesse parar na conta do senhor Balieiro? Quem deu as ordens para essas irregularidades?”, questionou o parlamentar.

“Sabemos que há impedimento de advogar ao mesmo tempo para a pessoa física do prefeito e pessoa jurídica. Nós sabemos também que se houver uma investigação policial profunda nós vamos descobrir muito mais coisas. Essas informações estarão no Tribunal de Contas do Estado”, afirmou.

Revelações de intimidação à população de Coari também vêm à tona. Segundo Castro, salários de professores e garis foram reduzidos. A população está sendo obrigada a sair da cidade porque o dinheiro acabou. “Isso é mais uma forte tentava de demonstrar força e influência do prefeito afastado”.

As novas denúncias surgem um dia após a presidente Dilma Rousseff sancionar a Lei que torna crime hediondo a exploração sexual de crianças e adolescentes no país.

O deputado Abdala Fraxe (PTN), que preside a CPI da pedofilia na Aleam, garantiu que os documentos serão anexados ao processo.

O deputado Luiz Castro afirmou ainda que prepara um dossiê sobre a exploração sexual de crianças e adolescentes no Estado e entregará ao Comitê Internacional de Imprensa que virá cobrir a Copa do Mundo no Brasil. “É triste, mas vamos mostrar ao mundo uma chaga que deveríamos curar por nós mesmos”, finalizou.

Fonte: http://www.emtempo.com.br/editorias/pol%C3%ADtica/17785-castro-diz-que-advogada-de-adail-%C3%A9-paga-com-dinheiro-da-prefeitura-de-coari.html