quinta-feira, 22 de maio de 2014

Comissão de Legislação Participativa discute em Audiência Pública a democratização dos meios de comunicação.

O propositor da discussão, defendeu a criação de mais regras para o setor da comunicação - Foto: Robervaldo Rocha/CMM

A Comissão de Legislação Participativa da Câmara Municipal de Manaus (COMLEP/CMM) reuniu na tarde desta quarta-feira (21), representantes de entidades da sociedade civil para discutir, em Audiência Pública, a democratização dos meios de comunicação. A reunião foi de autoria do vereador Waldemir José (PT), e as discussões foram entorno da criação de uma legislação para os meios de comunicação.

O propositor da discussão, defendeu a criação de mais regras para o setor da comunicação, salientando que a legislação da democratização não visa engessar a mídia. Mas abrir espaço para todos os cidadãos brasileiros. “Se alguém tem o poder de passar informações, por mais que ela não tem base na verdade, de dando se contar ela, se torna verdadeira. E os meios de comunicação precisam escutar a classe trabalhadora. Precisamos dar as vozes regionais mais espaços. Porque ela é importante no sentido de mostrar as várias faces do Brasil. Temos que ampliar o direito à comunicação e o direito a liberdade de expressão”, disse.


O jornalista e presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas, Wilson Reis, acredita que a criação de um organismo para representar a comunidade na busca pela regulamentação da democratização dos meios de comunicação é a melhor saída. “Precisamos criar um organismo que represente legitimamente a comunidade e busque efetivamente a regulamentação da democratização da comunicação”, defendeu. Reis ainda destacou que a democratização dos meios de comunicação é um dos principais eixos para tornar a sociedade democrática.

A mesma medida é ressaltada pelo professor e membro da Central dos Trabalhadores do Brasil/AM, Ademilton Pinto. “Precisamos quebrar o monopólio. A criação de um colegiado ou conselho é a maneira que a sociedade pode se manifestar no que é veiculado diariamente nas mídias, pode ser um primeiro passo para a democratização”, afirmou.

Para o vereador professor Bibiano (PT) há uma grande urgência ao se tratar desse assunto. “Nós hoje não temos uma legislação, um poder dentro desses meios que estabeleça critérios bem amarrados. E por isso, a manipulação da informação é frequente”, desabafou.

Participaram também das discussões, o representante do Sindicato dos Petroleiros do Amazonas (Sindipetros), Roberto Albuquerque; a representante da Associação de alunos de escolas técnicas, Amanda Barroso e a representante das Mulheres Solidárias do Amazonas (Musa), Luzarina Varela.

Fonte: http://www.cmm.am.gov.br/comissao-de-legislacao-participativa-discute-em-audiencia-publica-a-democratizacao-dos-meios-de-comunicacao/