sexta-feira, 9 de maio de 2014

Em Assembleia, professores da Ufam aprovam indicativo de greve.



Após Assembleia Geral realizada nesta quinta-feira (8) na sede da Adua, os professores da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) aprovaram indicativo de greve sem data para início. Estão previstas discussões entre as comunidades acadêmicas do dia 19 a 22 deste mês. A paralisação, segundo a classe, funcionará como uma retomada da paralisação nacional ocorrida em 2012.

De acordo com o presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), José Belizario, o indicativo irá servir para construir uma mobilização com os grupos acadêmicos da Universidade. “Possuímos motivos suficientes para fazer uma greve, porém resolvemos deflagrar o indicativo para exercer a democracia. O indicativo é para mobilizar a categoria, não para cruzar os braços”, disse.

Em assembleia, segundo Belizario, cerca de 90% dos professores votaram pela mobilização e indicativo de greve. A Ufam possui atualmente 20 comunidades acadêmicas.

Fonte: http://acritica.uol.com.br/manaus/Professores-Ufam-aprovam-indicativo-inicio_0_1134486577.html