domingo, 11 de maio de 2014

Aécio anuncia apoio ao PCdoB no Maranhão.

:

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) esteve sexta-feira em São Luís (MA) para anunciar a parceria entre PSDB e PCdoB no Maranhão. O presidenciável informou que o deputado federal Carlos Brandão (PSDB-MA) será o candidato a vice na chapa do pré-candidato ao governo do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), ex-presidente da Embratur. Apesar da diferença em nível nacional, já que o PCdoB é aliado do PT no governo federal, os tucanos se juntam à principal candidatura opositora ao clã Sarney, que terá como candidato o Senador Edison Lobão Filho (PMDB).

O presidenciável afirmou que o apoio ao PCdoB no Maranhão se dá de maneira completa, com participação de todos os membros da legenda tucana, e deverá ser recíproca, com o oferecimento do palanque a Aécio no Estado. “Estou em São Luís para um momento político de extrema importância para o Maranhão. Estamos trazendo de forma clara e transparente o nosso apoio à candidatura de Flávio Dino ao governo do Estado e incorporando a este esforço o companheiro Carlos Brandão ao lado dele como seu candidato a vice-governador”, afirmou.


Questionado sobre a aliança com um partido que é aliado do governo federal, Aécio justificou pela realidade local a decisão, já que assim pode confrontar o candidato a governador do grupo Sarney. O tucano declarou que o perfil de Dino foi fundamental para sacramentar a aliança. “A realidade local se sobrepõe muitas vezes à construção nacional. Temos um quadro pluripartidário no Brasil, e por isso as questões locais devem ser respeitadas. Para mim, é fundamental o perfil dos candidatos que apoiamos. Flávio é talvez dos mais qualificados candidatos a governador que temos no País e o Maranhão merece uma aliança em torno de seu futuro”. 

Ex-presidente da Embratur, Dino dará palanque a Aécio Neves e Eduardo Campos (PSB) no Maranhão. O candidato a senador da chapa do comunista deverá ser Roberto Rocha (PSB). Flávio afirmou que para ele o importante era a situação do Maranhão, por isso, iria dar palanque a Aécio que se engajou em seu projeto que enfrentará o candidato do grupo Sarney. “Nós precisamos de muitas forças para derrotar a última oligarquia do Brasil. Eu estarei com Aécio em todos os eventos que fizer no Maranhão”, pontuou.