sexta-feira, 2 de maio de 2014

EDIVAL CAJÁ PARTICIPA DE DEBATE SOBRE OS 50 ANOS DA DITADURA MILITAR NO IFAM DE MANAUS.


Edival Nunes Cajá, sociólogo, ex-preso político e militante do Partido Comunista Revolucionário (PCR), participou quarta-feira (30), em Manaus, de um ato de repúdio e resistência aos 50 anos do golpe de Estado militar e civil de 1964 em nosso país, no auditório Jorge Alberto Furtado, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM), promovido pelo Centro Cultural Manoel Lisboa do estado do Amazonas (CCML- AM), junto com o Grêmio Chico Mendes do Instituto Federal do Amazonas (IFAM), da zona leste da capital amazonense.



Também participaram do debate Wilson Reis e Amadeu Guedes, do Comitê Estadual de Direito à Verdade, Memória e Justiça do Amazonas. 



O evento teve o apoio da CUT/AM, SINDIPETRO/AM, SINASEFE, SINDIPLAST e Movimento Luta de Classes (MLC).