segunda-feira, 24 de março de 2014

Juiz revoga portaria que proibia indígena permanecer em Eirunepé


O juiz estadual Leoney Figliuolo Harraquian, da Comarca de Eirunepé/AM, distante 1.150 quilômetros de Manaus, em linha reta, revogou, na semana passada, a portaria assinada pelo mesmo no dia 21 de fevereiro de 2014, proibindo a venda de bebidas alcoólicas a indígenas e a permanência deles no prazo máximo de 48 horas na sede do município.