quinta-feira, 11 de abril de 2013

O Prefeito blá, blá, blá e os 100 dias de escuridão!


Por Frederico Passos

Ontem, dia 10.4.2013, Arthur Neto completou 100 dias à frente da Prefeitura de Manaus. E nesses 100 dias, tivemos muito blá, blá, blá e pouca ação. Muito blá, blá, blá e pouca atitude. Muito blá, blá, blá e as promessas de campanha sendo esquecidas. Muito blá, blá, blá e muitas fotos de crateras abertas pelos rompimentos das adutoras e .... blá, blá, blá ... 

Nunca é demais lembrar que Arthur se esqueceu de aplicar o que os tucanos sempre fazem quando assumem qualquer governo: providenciar o chamado “choke de jestão”! Parece que o Prefeito pegou um choque elétrico que o imobilizou para tomar certas atitudes. Por exemplo, a cidade está cada vez mais esburacada. Existem mais buracos na cidade do que numa tonelada de queijo coalho. Por onde você anda tem buraco. Por onde você caminha, tem buraco. Por onde você corre, tem buraco. Eu culpo os ratos. E o Prefeito, culpa quem?

O lixo também tomou conta da cidade, causando náuseas quando você frequenta certas paragens. Em algumas ruas, vemos mais detritos pelo chão do que o negro do asfalto. Eu culpo a chuva. E o Prefeito, culpa quem?

E as paradas de ônibus, principalmente as da Constantino Nery e Torquato Tapajós, que estão abandonadas. Elas não conseguem abrigar moscas, imaginem um ser humano. Eu culpo o ex-prefeito Alfredo Nascimento. E o atual Prefeito, culpa quem?

E durante a noite, em alguns bairros, para você caminhar pelas ruas, é necessário andar com lanternas ou velas, pois os postes estão sem iluminação. Como disse um morador, que prefere o anonimato, “estamos com cem dias de escuridão”.

E ainda tem a segurança nas escolas municipais e a falta de creches na cidade. Enfim, está tudo como era antes, quase nada mudou, somente o prefeito. Eu culpo o ex-prefeito Amazonino Mendes. E o atual Prefeito, culpa quem?

Mas nem tudo está perdido. O prefeito Arthur não sofre de mitomania, nem de amnésia. Sim, temos de elogiá-lo quando faz alguma coisa boa pelos cidadãos. E ele fez. Resolveu aumentar o valor da passagem de ônibus, de R$ 2,75 para R$ 3,00 no dia 31.3.2013. Foi um presente da Páscoa do Prefeito aos empresários, que são cidadãos como qualquer usuário do transporte coletivo. Ficando do lado dos empresários, Arthur Neto decepcionou seus eleitores mais humildes. Mas, contemplou os cidadãos que injetam dinheiro numa campanha política. Só como exemplo, caso um cidadão humilde necessite pegar quatro conduções, duas para ir e duas para voltar, desembolsará a quantia de R$ 12,00 por dia. Isso que é assalto a mão armada!

Não sei se estou enganado, mas, durante a campanha, Arthur disse que não alimentaria a gula dos empresários de transporte coletivo! E o que ele está fazendo? Está matando os usuários do transporte coletivo de anorexia! No quesito aumento da tarifa do transporte coletivo, eu culpo os eleitores do Arthur. E você, culpa quem?

E a propaganda oficial dos cem dias de governo do Arthur? Parece que ele começou a trabalhar ontem, pois durante os 99 dias que se seguiram à posse não vi uma máquina na rua tapando os buracos dessa cidade. Como a propaganda é a alma do negócio, eu culpo os marqueteiros. E você, caro leitor, culpa quem?