terça-feira, 23 de abril de 2013

José Ricardo cobra providências da SSP na identificação e na punição dos agressores de jornalista em Itacoatiara

O deputado José Ricardo Wendling (PT) repudiou, mais uma vez, nesta terça-feira (23) a dura agressão sofrida pelo editor do Jornal Candiru, jornalista Rui Luiz de Sá Chaves, no Município de Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus), na tarde do último sábado (20). Ele também cobrou da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), por meio de ofício, a identificação e a punição dos culpados.

O autor da agressão chegou à redação do jornal de “cara limpa”, quando o jornalista estava sozinho em seu ambiente de trabalho, informando logo o recado: “mandaram eu fazer esse serviço”. Em seguida, a vítima foi esmurrada e jogada no chão.


Rui Chaves vinha denunciando no Candiru – semanário existente há cinco anos naquela cidade - várias irregularidades na atual gestão municipal de Itacoatiara, incluindo, fraudes em licitações, atrasos de salários para professores e redução de salário para os garis. E informou que estava sofrendo ameaças anônimas via telefone.

Ele registrou a agressão sofrida na polícia da cidade e, em seguida, recebeu atendimento médico no hospital, além de ter feito exame de corpo de delito e ter registrado o caso no Sindicato dos Jornalistas, que também já se manifestou publicamente repudiando a agressão sofrida pelo profissional de imprensa.

De acordo com o parlamentar, a polícia precisa dar uma resposta a esse atentado, identificando e punindo o autor da agressão. “Qual o motivo para esse espancamento? Será que é porque o jornal fez críticas à atual administração municipal?”, questionou ele, que é contra qualquer tipo de violação aos direitos humanos e à liberdade de imprensa, que atenta aos princípios básicos da democracia e do direito à expressão, garantidos na Constituição Federal.

Fonte: Assessoria de Comunicação