quarta-feira, 3 de abril de 2013

Estudantes terão direito a 120 meias-passagens e pagamento em dinheiro


O líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Waldemir José, deu entrada na manhã desta terça-feira (02) junto à Mesa Diretora no projeto de emenda à Loman nº010/13, que torna facultativo aos estudantes o pagamento da meia-passagem em dinheiro no transporte público da cidade de Manaus e também no projeto de emenda à Loman nº 009/13 que assegura aos estudantes da rede pública e particular de ensino o direito de até 120 (cento e vinte) meias-passagens. 

A proposta para realização desses projetos foi apresentada pelas lideranças estudantis que participaram da última manifestação contra o reajuste da tarifa de ônibus da cidade de Manaus.

De acordo com o líder petista, a aquisição da meia-passagem com pagamento à vista possibilitará mais flexibilidade ao estudante na fruição de seu direito. “Os estudantes perdem muito tempo em longas filas, falta postos de vendas da meia-passagem, o que dificulta o acesso às escolas e às atividades extraclasses”, falou.

Além disso, a ampliação da quantidade de aquisição da meia-passagem dos atuais 60 (sessenta) para 120 (cento e vinte) proporcionará aos estudantes manauenses a tranquilidade e melhores condições para sua formação. “O poder público tem a obrigação de facilitar a vida dos estudantes, dando-lhes opção de adquirir a meia-passagem em dinheiro”, disse.

Waldemir José disse, ainda, que esse direito já tinha sido uma conquista antiga dos estudantes, mas foi retirada em 2009.