sexta-feira, 12 de abril de 2013

Líder da Foirn morre em São Gabriel da Cachoeira

erivaldo 01
Faleceu na madrugada de quinta-feira, 11, o líder indígena Erivaldo Almeida Cruz, 37, do povo Piratapuia, no município de São Gabriel da Cachoeira (a 858 quilômetros de Manaus). Erivaldo foi diretor da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn) por oito anos. Era natural do Distrito de Iauaretê, na região dos rios Waupes e Papuri, afluentes do rio Negro, na fronteira com a Colômbia.

Atuante defensor dos direitos constituintes dos indígenas em áreas como a saúde e o desenvolvimento sustentável, Erivaldo participou de eventos importantes como a Rio+20 em 2012, onde compôs mesa como colaborador e expositor sobre a temática “Plano Setorial de Cultura Indígena”.

No evento internacional, ele encontrou-se com representantes de organizações governamentais e não governamentais e contribuiu no debate em prol dos indígenas que vivem em Iauaretê.