sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Inflação para classes mais baixas cai e utilização da capacidade instalada industrial sobe


A inflação para as classes mais baixas, de menor poder aquisitivo, apresentou queda de 0,29% em julho, segundo o IPC-C1 (Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1) divulgado pela FGV. O índice, que mede a inflação para famílias com renda de até 2,5 salários mínimos, apresenta alta de 2,74% no ano e 5,84% nos últimos 12 meses, números inferiores ao IPCA do período. O destaque da deflação no mês de julho foi a queda nos preços dos transportes (-1,54%), alimentação (-0,54%) e vestuário (-1,04%). Já no campo industrial, a utilização da capacidade instalada se elevou no primeiro semestre de 2013, alcançando o índice de 82,16% de ocupação, contra 81,35% no mesmo período de 2012. O aumento da utilização da capacidade instalada aponta à perspectiva de elevação dos investimentos, já que as empresas estariam se aproximando de seu limite de produção com as plantas atuais.