quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Luiz Castro denuncia obras em municípios na calha do rio Juruá

Foto: Assessoria de Comunicação
O deputado Luiz Castro assumiu a tribuna, durante o pequeno expediente na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta quarta-feira (21), para denunciar o governo do Estado que, segundo ele, gastou “milhões de reais em obras pelas comunidades do rio Juruá sem apresentar projetos consistentes e uma fiscalização séria”.

Castro apontou como exemplo o projeto da orla do porto de Eirunepé que desabou. “Foram jogados no ralo mais de R$ 18 milhões”, afirmou. “Como se pode deixar que tanto dinheiro seja desperdiçado, se no rio Juruá os problemas são imensos e qualquer ajuda será sempre bem-vinda?”, indagou.

Luiz Castro, que esteve em visita aos municípios da calha do rio Juruá com o deputado Abdala Fraxe (PTN), afirmou que no município de Itamarati está começando a se formar um desabamento na estrada que dá acesso ao porto, “num atestado de que há falhas gritantes ou no projeto ou na execução das obras”.

Outro assunto abordado pelo parlamentar foi a denúncia feita pelo jornal A Crítica, de que não houve reunião da Mesa Diretora para ser decidido um aditivo de R$ 1,6 milhão às obras do edifício-garagem da Aleam. Luiz Castro disse que quer saber onde aconteceu a reunião e como o assunto foi parar na imprensa.