quarta-feira, 21 de agosto de 2013

José Ricardo pede informações do Estado sobre patrimônio da Cigás e propõe debate sobre prestação de serviço de gás por concessão


O deputado José Ricardo Wendling (PT) está solicitando informações do Governo do Estado quanto ao patrimônio total da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás), uma vez que foi divulgado que o Estado detém somente 17% das ações, cujo valor está estimado em R$ 500 milhões. “Numa rápida conta podemos concluir que o Estado abriu mão, quando vendeu a preço irrisório os outros 83% de ações, do equivalente a R$ 3 bilhões, que seria o patrimônio atual da Cigás”, afirmou.

Ele também propôs a realização de Audiência Pública para discutir o Projeto de Lei do Governo do Estado, atualmente em tramitação na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), que trata da prestação de serviço público de gás por concessão.

“Esses processos de privatizações são típicos desse grupo político que governa o Amazonas há mais de 30 anos. Assim fizeram com o BEA (Banco do Estado do Amazonas), que hoje deixa a população refém dos bancos privados; com o Porto de Manaus, que é uma vergonha; e com a água, que até hoje não chegou em 100% dos lares da cidade, apesar do Estado ter investido R$ 400 milhões com o Proama”, exemplificou o parlamentar, que pretende chamar para esse debate o Estado, a iniciativa privada, em especial, o Distrito Industrial, e os órgãos públicos de controle e fiscalização.

Fonte: Assessoria de Comunicação