sexta-feira, 30 de agosto de 2013

PIB cresce 1,5% no segundo trimestre e supera até projeções otimistas


O IBGE divulgou hoje que o Produto Interno Bruto do Brasil (PIB) cresceu 1,5% no segundo trimestre de 2013, superando todas as previsões dos analistas do mercado financeiro e representando a maior alta desde o primeiro trimestre de 2010. O crescimento do PIB se deu de maneira generalizada, mas foi mais forte na agropecuária (3,9%) e na indústria (2%), com um ritmo menor no setor de serviços (0,8%). O crescimento na comparação com o mesmo trimestre de 2012 somou 3,3%, com avanço de 13% da agropecuária, 4,6% da indústria de transformação e 4% da construção civil. Pela ótica da demanda, o consumo (0,3%) em relação ao trimestre anterior, a demanda do governo (0,5%) e a formação bruta de capital fixo (equivalente aos investimentos) se ampliou 3,6% entre abril e junho. No setor externo, as exportações cresceram 6,9% enquanto as importações apenas 0,6%.