segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

VEREADOR VAI À JUSTIÇA POR CAUSA DA FALTA DE ÁGUA NO BAIRRO MAUAZINHO


As constantes interrupções de água que vem acontecendo no bairro Mauazinho, Zona Leste da cidade, levou o vereador Waldemir José (PT) a anunciar na manhã desta segunda-feira (9), que entrará com representação junto ao Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM) contra a empresa Manaus Ambiental para que seja realizado um Termo de Ajuste de Conduta (Tac) para que os serviços sejam normalizados nessa localidade. Além disso, ele informou que vai solicitar da Agência Regularizadora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) que tome as devidas providências para normalizar o serviço. 

De acordo com o parlamentar, nos últimos meses os moradores do bairro Mauazinho vêm travando uma luta diária pelo acesso à água. Ele afirmou, ainda, que o sistema de abastecimento da cidade está cada dia pior. “Essa empresa não melhorou em nada o serviço de fornecimento de água, pelo contrário, está falhando e falhando muito. Localidades que tinham água antes, hoje não têm mais”, disse Waldemir. 

Outra situação pontuada pelo vereador foi a inadimplência dos moradores que, para ele é legitima, tendo em vista que essa situação é uma reação das pessoas à falta de água. “Em 2012 já havia 100 mil famílias inadimplente com a Concessionária e muitas dessas pessoas, estão sem pagar por reagirem ao tratamento da Manaus Ambiental com a população de Manaus, que cobra sem fornecer o serviço e não bairro Mauazinho não é diferente. Não é justo que o cidadão pague por um serviço que não é recebeu”, concluiu Waldemir.

Fonte: Assessoria de Comunicação