domingo, 8 de dezembro de 2013

Drama e perigo do rebaixamento faz vascaínos e tricolores pedirem força divina

Sony Ferreira é um vascaíno apaixonado e acredita que a Cruz de Malta conseguirá tirar o time dessa situação complicada e fez promessas

Sony Ferreira é um vascaíno apaixonado e acredita que a Cruz de Malta conseguirá tirar o time dessa situação complicada e fez promessas (Euzivaldo Queiroz).


A última rodada do Campeonato Brasileiro promete fortes emoções, principalmente para os torcedores de Vasco e Fluminense, duas grandes equipes que correm sério risco de cair para a segunda divisão.

Com 44 e 43 pontos, respectivamente, os times precisam vencer os seus confrontos de hoje e torcer para que Coritiba e Criciúma tropecem.

Mas a briga para fugir do rebaixamento não será fácil. O Vasco vai enfrentar o Atlético-PR – que precisa vencer para garantir uma vaga na pré-Libertadores de 2014 – e o Fluminense pega o Bahia, na Arena Fonte Nova – em Salvador.

Por isso, alguns torcedores resolveram recorrer às forças divinas e fizeram até promessa para que o time continue na série A.

Sony Ferreira é um vascaíno apaixonado e, como todo bom torcedor fiel, acredita que o Cruz de Malta conseguirá sair dessa situação complicada hoje. Mas só para garantir, ele decidiu fazer uma promessa.

“Tenho um problema dermatológico sério, alergia a barba. Mas para ajudar o Vascão prometi que se ele conseguir continuar na série A, vou deixar a minha barba crescer e só vou raspá-la quando ele fizer o primeiro jogo do Campeonato Carioca, ano que vem”, disse Sony Ferreira.

Se a promessa de Sony der certa, ele deve ficar cerca de 40 dias sem pisar em uma barbearia. Já que o Vasco estreia no Carioca, contra o Flamengo, no dia 18 de janeiro.

“Será difícil, mas tenho certeza que conseguirei cumprir, pois tenho fé e com fé a gente consegue tudo”, completou.

O jornalista Paulo Bahia é torcedor declarado do Fluminense – campeão Brasileiro de 2012 – que também vive o drama da degola.

Em uma situação um pouco mais complicada que a do Vasco, o Tricolor Carioca, segundo especialistas tem 80% de chances de passar para a Segundona no próximo ano.

Mesmo assim, Paulo ainda acredita que o time tem condições de continuar na elite do futebol nacional, por ser uma equipe guerreira.

“Tenho fé em Deus e em São Francisco de que o Fluminense vai conseguir reverter essa situação. Afinal ele é um time de guerreiros, já passamos por outras situações complicadas e conseguimos sair e agora não será diferente”, afirmou o jornalista.


Mas apesar de toda confiança, o torcedor do Tricolor das Laranjeiras admitiu que não sabe se conseguirá assistir o jogo de hoje contra o Bahia.