quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

JOSE RICARDO COBRA RESPOSTAS RÁPIDAS À CRISE EM HUMAITÁ

População revoltada em Humaitá promove caos no município

Preocupado com a grave situação que vive o município de Humaitá (AM), o deputado José Ricardo entrou em contato com a Presidência da Funai em Brasília, pedindo explicações a coordenadora de Gabinete, senhora Rafaela de Oliveira, segundo a mesma, a situação é critica e a Funai providenciou o acompanhamento prioritário pela assessora Lucia Alberta, que relatou já haver solicitado auxilio da Policia Federal, do exército e o pedido de reforço para a Policia Militar do Amazonas, que devem estar chegando hoje ao município.

O deputado pediu ainda providencia para que seja apurado o desaparecimento de Luciano Ferreira Freire, representante comercial, Stef Pinheiro, professor de Apuí, e Aldeney Ribeiro Salvador, funcionário da Eletrobrás Amazonas Energia e a explicação da morte do cacique da Aldeia Kampinhu’hu Ivan Tenharim, ocorrida no último dia 03 de dezembro, divulgada como suposto acidente de moto.

Segundo a FUNAI em Brasília, os indígenas alegam não ter conhecimento do paradeiro dos desaparecimento, que as informações do município estão difíceis, pois a sede da entidade e os telefones foram queimados e o coordenador regional esta de férias, neste período, o que dificulta ainda mais a atuação. Quanto ao pedido de investigações, as mesmas devem ficar a cargo da Polícia Federal, por tratar-se de área indígena.

“Lamentamos o que esta ocorrendo no município, mas estou cobrando apuração e respostas rápidas para essa situação, antes que algo pior aconteça. Estamos preocupados com os habitantes de Humaitá, indígenas e não indígenas,” comentou José Ricardo.

Fonte: Assessoria de Comunicação