segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Punida no STJD, Portuguesa é rebaixada e salva Fluminense


A bola parou de rolar no Campeonato Brasileiro de 2013 no último dia 8, mas fora de campo ele continua sendo disputado, agora nos tribunais. Nesta segunda-feira, a 1ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu por unanimidade pelo rebaixamento da Portuguesa à Série B, após a escalação irregular do meia Héverton no confronto da última rodada diante do Grêmio. Melhor para o Fluminense, que, com a perda de quatro pontos do clube paulista, se livrou da queda e segue na elite do futebol nacional. A Portuguesa ainda terá que pagar uma multa de R$ 1000.

A decisão da 1ª Comissão Disciplinar, no entanto, ainda não é definitiva e a Portuguesa pode entrar com recurso em segunda instância, no Pleno do STJD. De acordo com o procurador-geral do tribunal, Paulo Schmitt, o caso deverá estar resolvido até o próximo dia 27. O clube paulista, no entanto, já confirmou que entrará na Justiça comum caso seja realmente rebaixado.

Para não sofrer qualquer punição da Fifa, que é contra levar casos esportivos à Justiça comum, o presidente da Portuguesa, Manoel da Lupa, admite a possibilidade de recorrer a "torcedores ilustres". "Tem que preservar o resultado de campo. Se a Portuguesa for derrotada, vai parar na Justiça comum. Nem que seja ação de alguns dos nossos torcedores ilustres. Mas a Portuguesa vai até o inferno para se defender."