quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Waldemir propõe ações para Mobilidade Urbana e critica ausência da Prefeitura no debate


Após a conclusão do Seminário de Mobilidade Urbana, realizado nos dias 13 e 14 deste mês, por meio da Comissão de Legislação Participava (Comlep/CMM), o vereador Waldemir José (PT) usou a tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM), na manhã desta segunda-feira (18), para apresentar sete propostas que contribuirá com melhoria da mobilidade em Manaus, Além disso, ele criticou a ausência da Prefeitura nesse debate.

A indicação para criação de um Fundo Municipal para Melhorias do Transporte Coletivo e para instalação de placas indicativas de horário de saída e chegada dos ônibus nos terminais e estação; a solicitação de instalação de uma Comissão Mista para fiscalizar o serviço de transporte; a solicitação de realização de Audiência Pública para a Prefeitura apresentar as providências que já tomou a respeito do Plano de Mobilidade Urbana; a solicitação da SMTU a respeito da estrutura de fiscalização e de atendimento ao usuário, bem como Projeto de Lei destinando os recursos do projeto Zona Azul para melhorias do sistema público de transporte foram alguma propostas apresentadas por Waldemir José. 

De acordo com o parlamentar, durante o seminário, que contou com a participação de representantes de vários segmentos da sociedade, o alvo de criticas foi o transporte público da cidade, avaliado como um dos maiores problemas da mobilidade urbana, o que exige urgentemente a criação de um Plano de Mobilidade. “Esse Seminário foi importante para dialogar com a sociedade sobre as soluções para melhoria desse problema enfrentado cotidianamente pela população”, disse Waldemir. 

Por conta disso, ele apresentou algumas ações que foram resultados da discussão com a sociedade, nas quais julga importante para ampliar e dar continuidade ao debate pela melhoria da mobilidade urbana. 

Apesar dos resultados positivos dessa atividade, Waldemir José lamentou a ausência da Prefeitura no Seminário, uma vez que o Executivo Municipal é o principal ator na resolução dos problemas da cidade. “Nesse evento tivemos a oportunidade de abrir um diálogo com a sociedade acerca das soluções para melhoria da mobilidade, mas infelizmente a Prefeitura se omitiu em participar desse debate”, afirmou. 

Fonte: Assessoria de Comunicação