sábado, 19 de abril de 2014

Motorista não tem habilitação obrigatória para dirigir caminhão

O acidente deixou três mortos e oito feridos na tarde de sexta-feira

O motorista do caminhão envolvido no acidente que matou três mulheres em procissão na tarde de sexta-feira (18), Olerino Siqueira, não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria D, obrigatória para dirigir o caminhão, informou a assessoria da Polícia Civil. De acordo com o órgão, Siqueira usava a carteira B, exclusivo para condutores de carro de passeio.

Ainda segundo a assessoria da Polícia Civil, o motorista será encaminhado neste sábado (19) para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, por homicídio culposo no trânsito, um crime inafiançável.

Olerino dirigia um caminhão de placas JWH-4534. O veículo era de 1979 e estava em situação regular, de acordo com dados do Sistema Nacional de Segurança Pública, porém, não possuía autorização para funcionar como carro de som, apenas para transporte de carga. 

A coordenadora da Pastoral da Comunicação da Igreja Rainha dos Apóstolos, Kamilla Lira, informou que o corpo da senhora Cleida Bastoa Artela, 63, será velado hoje na igreja e, às 14h, ocorre uma missa de corpo presente. O velório está marcado para as 15h.

Já a família de Tânia Magalhães Gomes, 52, faz o velório na funerária Almir Neves. Quanto a terceira vítima fatal do acidente, a senhora Luíza Maia Cruz, 74, o corpo será transladado para o estado do Pará, onde moram seus familiares.

Fonte: http://www.d24am.com/noticias/amazonas/motorista-nao-tem-habilitacao-obrigatoria-para-dirigir-caminhao/110590