sábado, 14 de junho de 2014

Jogo entre Itália e Inglaterra em Manaus divide fãs do Boi-Bumbá.

AFP

Temida desde o dia 6 de dezembro de 2014, quando o sorteio da Copa do Mundo definiu os grupos e os locais de todas as partidas, a estreia de Inglaterra e Itália no Mundial acontece neste sábado. Na Arena da Amazônia, localizada em Manaus, os europeus duelam, às 19 horas (de Brasília), pela primeira rodada do Grupo D.

Rivaldo Pereira, presidente do Movimento Amigos do Garantido.
As simples cores dos uniformes de Itália e Inglaterra foram suficientes para chamar a atenção dos fãs do Boi-Bumbá em Manaus. No mês do tradicional Festival Folclórico de Parintins, com a rivalidade no auge, qualquer pretexto serve para evocar a tradicional disputa entre os bois Garantido e Caprichoso, protagonistas de uma das maiores manifestações culturais da região amazônica.

Localizada na fronteira entre o Amazonas e o Pará, a ilha de Parintins anualmente recebe o evento que tem como principal atração o embate entre os bois Caprichoso, simbolizado pela cor azul, e Garantido, vermelho. No chamado Bumbódromo, as duas entidades competem por três dias em uma disputa que lembra os desfiles de escola de samba da região Sudeste do Brasil e é marcada por alusões à cultura local.

Manaus está a aproximadamente 370 quilômetros do município de Parintins, mas tem papel fundamental no sucesso da festa, já que a maioria dos patrocinadores e parte significativa do público do evento estão localizados na capital do estado. Nas palavras dos organizadores, a cidade, sede da partida entre Itália e Inglaterra pela Copa do Mundo, é a “vitrine” do festival.

A missão de promover o evento em Manaus é do Movimento Amigos do Garantido e do Movimento Marujada. Com a disputa marcada para os dias 27, 28 e 29 de junho, as duas entidades vêm realizando uma série de atividades. Na noite deste sábado, a partir das 19 horas (de Brasília), enquanto preparam para uma nova edição do festival, as chamadas “galeras” de cada boi poderão se entreter com o duelo entre as seleções defendidas por Mario Balotelli e Wayne Rooney.

Keynes Breves, presidente do Movimento Marujada.
A rivalidade entre os dois bois é acirrada e já chegou a causar brigas em Parintins. Os mais fanáticos levam a disputa entre Caprichoso e Garantido ao cotidiano. Keynes Breves, presidente do Movimento Marujada, por exemplo, recebeu a reportagem com pulseira e relógios azuis, mesma cor de seu telefone celular. Os integrantes de cada galera costumam se referir aos adversários como “contrários”, evitando a pronúncia dos respectivos nomes.

Para promover sua 49ª edição, o Festival de Parintins precisa enfrentar uma dura concorrência comercial com a Copa do Mundo. Embora os valores totais tenham aumentado (cada boi deve ter cerca de R$ 10 milhões), a verba demorou a ser liberada pelos patrocinadores, atrapalhando a preparação das entidades. Por outro lado, na esteira do torneio de futebol, os organizadores esperam receber aproximadamente 80 mil turistas, 20 mil a mais que no ano passado.

A Arena da Amazônia receberá um total de quatro partidas da Copa do Mundo. O último confronto no estádio, entre Suíça e Honduras, está marcado para o dia 25 de junho, antevéspera do Festival de Parintins, propiciando aos turistas que já estão em Manaus a chance de conhecer a festa. Derrotado pelo Garantido na edição de 2013 do festival, o Caprichoso lutará para reconquistar o título da competição mais importante de 2014. Pelo menos no Amazonas.