domingo, 31 de março de 2013

Princesa perde do Fast por 4 a 3, mas conquista turno do Campeonato Amazonense

No primeiro jogo da final, em Manacapuru, o Tubarão venceu por 2 a 0, conquistando a vantagem de poder perder por até um gol de diferença.


O Princesa do Solimões é o campeão do primeiro turno do Campeonato Amazonense. Em um jogo eletrizante no Estádio Valdomiro Gusmão, o Valdizão, em Manaquiri, a equipe de Manacapuru levantou a Taça Estado do Amazonas, mesmo perdendo a partida por 4 a 3. Isso porque, no primeiro jogo da final, em Manacapuru, o Tubarão venceu por 2 a 0, conquistando a vantagem de poder perder por até um gol de diferença. Além do troféu, a conquista deu ao Tubarão a vaga na decisão do Estadual e na Copa do Brasil de 2014.

Precisando vencer por dois gols de diferença para levar a decisão para as cobranças de pênaltis, o Fast começou a partida indo ao ataque e abriu o placar aos quatro minutos, com Thiago Brandão desviando de cabeça uma cobrança de escanteio. O gol não assustou o Princesa, que com menos de 15 minutos de jogo empatou a partida com Rondinelli em cobrança de falta e ainda no primeiro tempo virou com Nando e ampliou o marcador com Toró.

Assim como no primeiro tempo, o Fast começou a segunda etapa com mais ofensividade e diminuiu o marcador logo aos seis minutos. Em jogada parecida com o primeiro gol, Júnior cabeceou a bola para o gol após cobrança de escanteio. A esta altura, o Tricolor precisaria fazer mais três gols para levar a decisão para os pênaltis e foi para cima em busca do resultado. Aos 28 minutos, Júnior marcou novamente e empatou o jogo em 3 a 3, dando esperanças para a torcida fastiana. O quarto gol, marcado por Cacau, saiu no último lance da partida, aos 48 minutos, impedindo a concretização da reação fastiana.

Após o apito final, a torcida do Princesa invadiu o campo para comemorar com os jogadores. Do outro lado, o técnico Paulo Morgado, que já havia reclamado da equipe no intervalo, deixou em dúvida a sua permanência no comando do time. “Não sei se fico, isso é com a diretoria”, disse o treinador do Tricolor.