sexta-feira, 29 de março de 2013

O Papa e a Páscoa - José Ricardo Wendling*

O mundo inteiro, principalmente o povo católico, recebeu com imensa felicidade a escolha do novo Papa, o primeiro da América Latina, da vizinha Argentina, simbolizando a unidade da igreja e sua presença em todos os países.

É o Papa Francisco, nome escolhido por ele, lembrando Francisco de Assis, o Santo que difundiu a paz, a solidariedade e o cuidado com a natureza, chamando todas as pessoas de irmãos.

Num mundo de tanta guerra e violência, o Papa Francisco nos ajuda a lutar por um mundo mais justo e por uma cultura de paz, principalmente, nas famílias. Quanta violência ainda existe dentro de casa: mães agredidas e agredindo filhos, filhos agredindo pais e sendo vítimas de violência e tantos jovens envolvendo-se nas drogas e indo parar nas cadeias.

Por isso, a Campanha da Fraternidade deste ano traz como tema “Fraternidade e Juventude”, debatendo e refletindo sobre as políticas públicas e uma atenção maior aos jovens.

E o novo Papa nos traz em seus primeiros pronunciamentos que “o verdadeiro poder é servir”, dando uma lição a todos que têm poderes, como os políticos e os governantes. Todos devemos aprender com o Papa, colocando a nossa função a serviço do povo e dos mais pobres.

Como estamos na Semana Santa, relembramos a história de Jesus Cristo, que foi injustamente preso, maltratado, pregado e morto na cruz para salvar a humanidade. Por isso, nesta Sexta-Feira Santa refletimos sobre esse sofrimento e celebramos a vitória contra a morte, com a ressurreição de Cristo no Domingo de Páscoa, dia de festa para os cristãos do mundo inteiro.

Páscoa que significa passagem para uma nova vida de liberdade e de prosperidade e que representa momento de mudança. Precisamos mudar o nosso dia a dia, lutando por melhores condições de vida para todos.

Com a mensagem do Papa Francisco e da Semana Santa, desejo uma vida de muita paz e saúde para todos e todas e uma Feliz Páscoa!

* Deputado Estadual pelo PT-Am.